MOTO2: Marini pode continuar em alta em Le Mans?

Por a 7 Outubro 2020 18:00

O italiano foi superlativo em Barcelona e venceu. Agora é hora de reiniciar para mais do mesmo em França, mas poderá ele manter a vantagem?

O Moto2 tem tido algumas formas muito diferentes em 2020. De Luca Marini (Sky VR46) a Enea Bastianini (Kalex Italtrans) a Jorge Martin (KTM Red Bull Ajo), chegamos agora a Le Mans para o Grande Prémio de França com um homem muito no comando: Luca Marini.

O italiano está agora com 20 pontos de diferença e chega fresco de mais uma vitória superlativa no último Grande Prémio.

Quer dizer que pode fazê-lo de novo? Marini explicou em Misano que o calcanhar de Aquiles, até agora, em 2020, tem sido a segunda na mesma pista, por considerar que não conseguiu dar um passo em frente quando todos melhoraram.

Se aqui está confiante, Le Mans será boas notícia para ele, com uma corrida e uma corrida apenas no clássico circuito Bugatti.

Não tem sido uma jornada fácil para Marini para ganhar a sua vantagem de 20 pontos. Bastianini venceu três corridas e vai querer exibir novamente a sua forma em Le Mans para ripostar, e Marco Bezzechi (Sky VR46) é uma ameaça sempre presente, o ‘inimigo dentro’ da equipa de Marini.

Da última vez, porém, foi Sam Lowes (Kalex Marc VDS) a fazer barulho, e o britânico está em fogo.

Em Le Mans, ele vai querer entrar no duelo pela vitória mais uma vez e desta vez espera um pouco menos de trabalho a vir detrás.

Outro que quer regressar é Jorge Martin. Depois de ter ficado fora de duas corridas, o espanhol estava de volta em Barcelona, mas forçado a retirar-se no final, por isso não vimos a sua forma em pleno. Já foi anunciado o seu ingresso na Ducati Pramac em MotoGP no próximo ano, por isso a audição está oficialmente terminada e agora o verdadeiro espetáculo pode começar.

Muitos olhos também estarão em Fábio Di Giannantonio e Jorge Navarro. O primeiro voltou ao pódio em Barcelona e este último apenas fora, e os dois resultados trouxeram um final bem-vindo a um início difícil de 2020.

Não é apenas um acaso, já que os dois têm vindo a arranhar o caminho de volta para a frente. O que poderão fazer em França?

Joe Roberts (Tennor American Racing) foi o homem que acabou de perder, depois de uma batalha titânica, o quarto lugar ocupado por Navarro, e vai querer voltar a lutar pelo pódio em Le Mans. Adicione-se nomes como o estreante Aron Canet (Inde Aspar Team), Marcel Schrötter e Tom Lüthi da Liqui Moly Intact e Tetsuta Nagashima da KTM Red Bull Ajo e certamente será mais um confronto estelar no top 10.

E o que poderá Remy Gardner (Onexox TKKR SAG) fazer, agora com mais tempo para voltar à forma física? Poderá Marcos Ramirez (Tennor American Racing) manter a sua forma no Top 10? E quanto a Xavi Vierge e Jake Dixon (Petronas Sprinta Racing), cujas impressionantes atuações em Barcelona foram interrompidas por um acidente e um problema na moto, respetivamente?

Marini tem o ímpeto ao chegar a Le Mans, mas o elenco de personagens que procuram roubá-lo está cheio de pilotos muito rápidos.

Quem poderá ficar por cima em França?

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x