Moto2, França, Corrida: Vitória sem espinhas para Augusto Fernandez

Por a 15 Maio 2022 12:21

A queda e consequente abandono de Pedro Acosta na 15ª volta, deixou caminho aberto para uma vitória tranquila do seu companheiro de equipa Augusto Fernandez, que assim chegou ao primeiro triunfo em 2022 na Moto2. Aron Canet e Somkiat Chantra completaram o pódio.   

Sam Lowes foi um dos ausentes da corrida depois da queda de ontem, queixando-se de tonturas e mal estar que o impediram de participar na corrida de Moto2. Na primeira linha Pedro Acosta, o autor da pole-position, Jake Dixon e Augusto Fernandez, na segunda Albert Arenas no lugar de Lowes, Alonso Lopez e Aron Canet. Dado o arranque, de imediato Acosta saltou para a primeira posição com Augusto Fernandez logo atrás, Arenas e Lopez. Nicolló Antonelli foi o o primeiro a cair. Atrás das duas KTM de Aki Ajo, já um supreendente Alonso Lopez com a moto da Boscoscuro na perseguição aos dois primeiros, com Arenas e Canet logo atrás. Quedas entretanto de Fermin Aldeguer e Tony Arbolino, com Pedro Acosta a registar a volta mais rápida, seguido por Augusto Fernandez como uma sombra. Mais um piloto de fora, desta vez Jake Dixon que cai na curva 13, com a temperatura do asfalto a aumentar e a fazer cada vez mais vítimas.

Decorridas 4 voltas, a diferença dos dois primeiros já se cifra em mais de 3,8 segundos para o pelotão perseguidor. Na curva 7, Arenas vem pelo interior, toca em Alonso Lopez e ambos os pilotos saiem mais cedo da corrida. Aron Canet passa então a liderar o grupo perseguidor na frente de Cameron Beaubier e Somkiat Chantra. Vindo do final do pelotão, o líder do campeonato Celestino Vietti passa Simone Corsi e sobe a 11º. A 16 voltas para o final da corrida o duo da frente, Acosta e Fernandez, já construiu uma vantagem de quase seis segundos para o terceiro, Aron Canet.

Drama na 15ª volta em La Chapelle com a queda e o abandono de Pedro Acosta. Assim, a 14 voltas do final Augusto Fernandez torna-se um líder solitário com 6 segundos e meio de vantagem sobre Canet. Vietti também sofre uma saída de estrada, faz um pouco de todo-terreno na gravilha e fica de novo fora dos pontos, no 17º lugar. Cai Marco Ramirez e com isso Ai Ogura sobe ao quinto lugar, o norte-americano Beaubier comete um erro e perde o terceiro posto para Chantra que de imediato vai pressionar Canet. Pressionado pelo tailandês o espanhol comete então um erro e desce ao 4º lugar.

A 10 voltas do final Augusto Fernandez é um tranquilo líder com 6,7s de vantagem sobre Chantra, Beaubier e Canet que discutem o pódio. Separado por cerca de oito segundos deste trio vem um terceiro grupo de pilotos liderado por Marcel Schrotter na frente de Ai Ogura e Joe Roberts. A 7 voltas do final Canet surpreende Beaubier e sobe a terceiro começando a pressionar o segundo classificado Chantra. Mas este último sai largo na curva 8 perdendo duas posições, para Canet e Beaubier, o americano que começa a sonhar com o pódio! Na frente e a 5 voltas para o final Augusto Fernandez mantém com uma precisão milimétrica os seus 6 segundos e meio de vantagem para o trio perseguidor formado por Canet, Beaubier e Chantra.

A 3 voltas do final Canet era um sólido segundo, ao contrário de Beaubier que deixa escorregar a moto e fica no ponto de mira de Chantra. O foco da corrida centra-se então na disputa pelo terceiro lugar, com Somkiat Chantra a beneficiar dos pneus gastos do americano para subir ao terceiro lugar entrada para a última volta. Augusto Fernandez venceu assim pela primeira vez na presente temporada.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x