Moto2, 2021, Portimão: Marcon positivo fora de Portimão

Por a 12 Abril 2021 14:30

A MV Agusta Forward Racing está a ter um início difícil na temporada de Moto2 de 2021: Depois da lesão de Simone Corsi, o substituto Tommaso Marcon testou agora positivo para o Covid-19 e é substituído por Miquel Pons

Simone Corsi quebrou o pulso esquerdo na abertura da temporada no Qatar, pelo que no GP de Doha quem se sentou ao lado de Lorenzo Baldassarri na MV Agusta F2 foi Tommaso Marco.

Marcon já estava contratado pela equipa para disputar o Europeu em 2021, a começar por Jerez, mas acabou por ficar fora da corrida no domingo de Páscoa com problemas técnicos.

No regresso do Qatar, o italiano de 21 anos deu um resultado positivo no teste de Covid-19. Felizmente, porém, mostrou apenas sintomas leves e semelhantes a gripe, segundo a equipa.

No entanto, a MV Agusta Forward Racing teve de procurar um novo piloto substituto para o GP de Portugal, porque Corsi ainda não está pronto a correr  novamente.

A escolha recaiu em Miquel Pons, (aqui atrás de Yonny Hernandez) que está a competir nas MotoE pela LCR em 2021 e está neste momento a testar a Energica Ego Corsa em Jerez.

“É um sonho para mim poder competir no Campeonato do Mundo de Moto2”, exultou o espanhol de 23 anos. “Vou mostrar total empenho e dar o meu melhor.”

Pons terminou em segundo lugar no Campeonato espanhol de Supersport em 2016, 2017, 2018 e 2019, com experiência do Campeonato do Mundo de Supersport e do Campeonato de Moto2 de Espanha.

No entanto, como no CEV ainda se corre com as antigas Honda, ainda não conhece os motores de três cilindros de 765cc da Triumph, os motores standard do Campeonato do Mundo de Moto2 desde 2019.

“Sinto muito pelo Tommaso, mas ao mesmo tempo fico aliviado por saber que ele está bem e não está a apresentar sintomas graves”, disse o dono da equipa, Giovanni Cuzari.

“Estou muito feliz por poder oferecer esta oportunidade ao jovem espanhol Miquel Pons e gostaria de agradecer a Lucio Cecchinello, que deu ao seu piloto uma escolha para esta prova e já chamou a nossa atenção para ele porque já andou na pista de Portugal.

Esperemos que ele mostre o seu melhor lado na MV Agusta F2, mesmo que vá andar numa Moto2 com um motor de três cilindros pela primeira vez.”

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x