Moto 2, Corrida, Misano: Bastianini, o melhor estratega!

Por a 20 Setembro 2020 12:50

Enea Bastiani teve em Xavi Vierge e Luca Marini os seus maiores rivais na corrida. O primeiro abandonou, depois do toque Schrotter. Marini terminou em quarto mantendo a liderança do campeonato de Moto2, numa corrida de duas partes interrompida pela chuva.

Xavi Vierge foi o primeiro líder da corrida da categoria intermédia na frente de Luca Marini, rapidamente superado na 2ª volta por Bastianini, que logo a seguir ataca o comandante. Sam Lowes, na sétima posição, regista a volta mais rápida.

Na volta seguinte o italiano da SKY VR46 recupera o segundo lugar e Joe Roberts cai violentamente na Curva 10 depois de um high-side, Os comissários de pista mostram a bandeira a assinalar piso molhado, porque a chuva começa a cai sobre o circuito Marco Simoncelli. Vierge perde o primeiro lugar para Bastianini e fica atrás de Marini na terceira posição. No entanto, a chuva intensifica-se sobre o circuito de Misano e é mostrada a bandeira vermelha – corrida interrompida e todos recolhem às boxes.

As posições estão assim definidas ao cabo de 9 minutos de corrida: Ennea Bastianini é o líder na frente de Luca Marini, Xavi Vierge e Marco Bezzecchi.

No recomeço Luca Marini chega em primeiro à Curva 1 de Misano, mas cedo perde essa posição para o espanhol Xavi Vierge, e em consequência de um erro perde de uma assentada várias posições e desce ao quinto lugar. Na mesma volta, Bastianini assume a posição de líder, seguido por Vierge, Marcel Schrotter e Juan Navaro. A 8 volta do final o piloto da Kalex com as cores da Italtrans aumenta o ritmo e coloca o registo da melhor volta em 1’36,387, ganhando mais de 1 segundo sobre Vierge.

Schrotter tenta então tirar o segundo lugar ao seu companheiro de equipa Vierge sem o conseguir, Marini segue em quinto com Sam Lowes colado: o britânico ataca com sucesso o ‘meio-irmão’ de Valentino Rossi e entra nos cinco primeiros. Nesta altura, Enea Bastianini já tem quase 1,5 segundos de vantagem sobre o pelotão. A luta pela segunda posição está ao rubro e tocado por Schrotter, Vierge cai e abandona a corrida. Sam Lowes já é terceiro atrás de Bezzecchi, que pressionado reduz a diferença para 0.8 segundos em relação ao líder – atrás de Bezzecchi está está Sam Lowes a registar voltas mais rápidas consecutivas.

Assim, a 3 voltas do final Bastianini tem que começar a preocupar-se com Bezzecchi… e até com Lowes!

A 2 voltas do final a diferença do líder emagreceu para meio segundo, ainda assim a diferença para Bastianini entrar com uma boa vantagem na última volta e alcançar um vitória em absoluto merecida. Bezzecchi e e Lowes preechem os restantes lugares do pódio, e o quarto lugar de Marini permite ao italiano continuar a liderar o campeonato 2020 de Moto3.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x