Karel Hanika foi o piloto que mais quedas sofreu durante o ano

Por a 13 Novembro 2015 13:07

Com a conclusão de mais uma época do Mundial de Motociclismo começam a surgir os habituais balanços. Um dos aspectos que suscita maior curiosidade entre os adeptos é saber quem foi o piloto que mais quedas sofreu durante a temporada.

A lista de 2015 é liderada pelo piloto de Moto3, Karel Hanika. O piloto checo caiu por 24 vezes durante os 18 fins de semana da temporada. O segundo lugar ficou para o vice-campeão do Mundo de Moto3, Álex Rins, que foi ao ´tapete por 23 ocasiões.  Seguem-se Sam Lowes, Álex Márquez e Alex de Angelis que caíram por 19 vezes. No caso de Alex de Angelis, a última queda sofrida impossibilitou o piloto de San Marino de participar nas últimas quatro provas da temporada. Durante a última sessão de treinos livres do Grande Prémio do Japão de MotoGP, em Motegi, o piloto da IodaRacing sofreu uma queda que teve como consequência uma hemorragia intracraniana, um traumatismo torácico com fraturas nas costelas e ainda cinco vértebras fraturadas.

No sentido inverso, Valentino Rossi e Nick Hayden estão no final desta lista, com apenas duas quedas. A enorme de experiência dois reflecte-se claramente neste tipo de estatística.

Em 18 fins de semana existiram 981 quedas menos 5 do que em comparação com o ano anterior. No MotoGP registaram-se 215 quedas, enquanto o Moto2 ficou-se pelas 352. Como já seria de esperar, o Moto3 lidera esta lista com 409 quedas. A juventude dos pilotos que competem nesta categoria leva muitas vezes a que sejam cometidos excessos em pista, que acabam por não ter o melhor fim.

 

 

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png