Ducati veta teste da Honda na Áustria

Por a 15 Maio 2016 10:56

Após o fim de semana do Grande Prémio da Alemanha, 16 e 17 de julho, as equipas do MotoGP vão estar presentes no Red Bull Ring para uma jornada de testes privados, que irá servir de conhecimento do traçado austríaco que este ano regressa ao Mundial, depois de 18 anos de ausência.

Até aqui tudo normal, não fosse a Honda querer utilizar durante estes dois dias de ensaios a RC213V-S, que é uma moto de série que deriva do atual protótipo de MotoGP, a RC213V. Isto porque a marca da asa dourada tem apenas dois dos cinco dias testes privados que as formações do MotoGP têm direito, pelo que desejava continuar a ter esses dois dias.

Quem não gostou desta situação foi a marca que alugou o Red Bull Ring para estes testes, a Ducati, que vetou a presença da Honda. “Se rejeitámos a presença das equipas de Moto2 que pediram para estar presentes nestes ensaios não íamos permitir  a presença da Honda que pediu para rodar com motos de série. Podiam-se gerar situações perigosas devido às diferenças de potência. A Honda não quer gastar os dois dias de testes que ainda tem, mas deseja que os seus pilotos rodem. Isso não é justo”, afirmou um responsável da Ducati ao site Motorsport.com.

Mais um episódio entre este dois construtores, que nos últimos tempos têm estado em confronto, nomeadamente devido à polémica questão das asas aerodinâmicas.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png