A MotoGP ao rubro: Nove pontos separam 4 pilotos no comando

Por a 5 Maio 2019 18:29

Após 4 corridas de MotoGP, que já produziram três vencedores diferentes – Marquez o primeiro a bisar hoje em Jerez, após a sua vitória na Argentina – as coisas estão tão equilibradas que 4 pilotos de 4 marcas diferentes, Márquez, Dovizioso, Rins, e Rossi, se acham separados por apenas 9 pontos- os primeiros 3, por apenas 3!

E quem apostaria contra Valentino Rossi ser capaz de melhor apesar dos seus 40 anos? Desde os treinos de Inverno que 2019 se adivinhava uma época de MotoGP muito competitiva, talvez a mais competitiva de sempre. Por um lado, as Ducati estavam fortíssimas e só alguns problemas de adaptação de Lorenzo impediram que dominassem já em 2018.

Por outro, ao contratar o mesmo Lorenzo para a sua formação, a Honda Repsol tinha um “dream Team” difícil de bater no papel, Junte-se a isto não uma, mas duas equipas Yamaha, alguns rookies muito rápidos, a forma crescente da Suzuki e o grande número de provas marcadas para este ano e tudo encaixava para fazer prever uma época emocionante.

Assim, pode ter havido uma mudança de comandante após a conclusiva vitória de Marc Márquez (Repsol Honda) no Grande Prémio Red Bull de Espanha, mas isso poderia mudar já a seguir em Le Mans. Os 25 pontos averbados por Márquez na Andaluzia fizeram-no trocar de lugar com o anterior líder Andrea Dovizioso (Ducati Mission Winnow), que por sua vez não conseguiu levar a melhor sobre Maverick Viñales, da Yamaha Monster Energy, na luta pelo terceiro lugar.

Por causa disto, Dovizioso está agora a três pontos de Marquez em terceiro na classificação geral, porque Alex Rins (Suzuki Ecstar), fresco da vitória no Texas, mesmo ajudada pela queda de Márquez, conquistou um segundo lugar que o deixa a apenas um ponto de Marquez… e está sedento de mais glória.

Junte-se a isto o forte final de corrida de Valentino Rossi (Yamaha Monster Energy que recuperou de 13º na grelha para terminar em sexto lugar em Jerez e temos o quarto classificado, separado por apenas nove pontos de Marquez. O que vimos em Espanha é que tudo pode mudar num instante em MotoGP… que nos deixa em expetativa para o próximo encontro em França a 18 de Maio…

MotoGP, pontos depois do G P de Espanha, Top 4

1 Marc MÁRQUEZ Honda – 70

2 Alex RINS Suzuki – 69

3 Andrea DOVIZIOSO Ducati – 67

4 Valentino ROSSI Yamaha – 61

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
JFquirinoteles Recent comment authors
recente antigo mais votado
quirinoteles
Membro
quirinoteles

Não fosse a queda em Austin e Marquez teria hoje mais 25 pontos e Rins menos 5

JF
Membro
JF

4 pilotos 4 marcas,mas actualmente a Yamaha é a 4ª marca, não fosse o Rossi um piloto de corrida, e ainda estavam piores, mas sinceramente acho que será uma questão de tempo até o Marquez se destacar, o unico que lhe poderá fazer frente é o Dovi, só que a Ducati em certos circuitos não rende, enquanto a Honda rende em todos os circuitos, e têm o extra do Marquez, é uma pena a Yamaha não conseguir dar uma mota competitiva aos pilotos, caso o conseguisse Rossi mesmo aos 40 anos lutava à vontade pelo titulo mundial

últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png