CEV Repsol 2020: Artigas bate Acosta por 3 milésimas nas Moto3

Por a 7 Julho 2020 16:30

Nesta corrida única (as Moto2 e ETC têm duas mangas cada), residia muito do interesse desta estreia do CEV, sendo certo que estrelas do futuro virão desta classe, como tem acontecido no passado.

Nas constantes trocas de posição entre os primeiros 8 concorrentes, qualquer um podia vencer a corrida de Moto3, apesar de inicialmente e até meio da corrida parecer que David Salvador tinha as coisas controladas. A meio da prova, os pilotos da frente, que incluíam José Julian Garcia, Pedro Acosta (37) e Javier Artigas, (43) estavam nitidamente a medir forças, ninguém fazendo a tentativa de fuga para passar a ser a lebre do grupo.

A táctica foi provada correta quando Salvador acabou suplantado pelos restantes e passou a rodar em 6º, com vários pilotos a cair e desistir ao longo da prova.

Adrian Fernandez chegou a liderar na sua Husqvarna

O grupo da frente passou a ter Pedro Acosta, Artigas e Adrián Fernandez como líderes, de forma conveniente para as marcas presentes em pista, uma Honda, uma KTM e uma Husqvarna.

Javier Artigas da Leopard Impala acabaria por se impor ao fim das 17 voltas da prova, batendo Acosta por 3 milésimas… ecos da vitória de Elias sobre Rossi no mesmo local em 2006!

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas CEV Repsol
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x