SSP, 2020, Teruel: Pode Locatelli dominar no regresso?

Por a 3 Setembro 2020 15:58

Mais um fim-de-semana consecutivo de corrida no Mundial de Supersport, mas no mesmo circuito de MotorLand Aragón que acolhe a Ronda Pirelli Teruel

A ação do Mundial das Supersport chega ao rubro, com uma segunda ronda no MotorLand Aragón. Um circuito familiar para todos na grelha após o primeiro fim-de-semana em Aragón, a Ronda Pirelli Teruel deve estar cheia de emoção e ação durante todo o fim-de-semana, enquanto os pilotos procuram aproximar-se do líder do Campeonato.

Andrea Locatelli (Yamaha Bardahl Evan Bros.) entra na Ronda de Teruel depois de ter vencido todas as sete corridas em 2020, e de um duplo sucesso em MotorLand Aragón. O estreante italiano, que veio das Moto2 para a temporada de 2020, conquistou todas as pole positions, voltas mais rápidas e vitórias nas corridas em 2020 e vai procurar continuar esse sucesso com mais vitórias na Ronda de Teruel. Locatelli entra na ronda com uma vantagem de 45 pontos no Campeonato e vai tentar ampliar isso ao longo da ronda.

O rival mais próximo de Locatelli nas SSP é Jules Cluzel (Yamaha GMT94), depois do francês ter garantido mais dois segundos lugares no Campeonato, o que significa que já somou seis segundos lugares em sete em 2020

Cluzel demonstrou uma consistência notável para garantir tantos segundos lugares e vai procurar melhor e acabar com a vitória, pondo fim à notável série de vitórias de Locatelli. Conseguirá estar no degrau mais alto do pódio em Aragón?

Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) é terceiro no Campeonato, depois de ter reclamado mais dois top-5 em MotorLand Aragón, mas perdeu terreno para os pilotos à sua frente. Mahias mostrou um forte ritmo nas primeiras etapas da corrida para lutar com Locatelli e Cluzel, mas recuou com problemas de pneus à medida que a corrida progredia. Com mais dados recolhidos, Mahias espera poder lutar por um período mais longo durante as duas corridas durante a Ronda Teruel.

Philipp Oëttl (Kawasaki Puccetti Racing) subiu ao quarto lugar do Campeonato, após um pódio e um quarto lugar na Ronda de Aragón e o piloto alemão procura continuar a sua impressionante forma em MotorLand. Oëttl tem dois pódios em 2020, ambos terceiros lugares, e vai tentar somar a sua contagem de pódios em mais duas corridas em Aragón.

Corentin Perolari (Yamaha GMT94) está em quinto lugar no Campeonato, após a Ronda de Aragón, onde terminou em décimo e sétimo lugar, perdendo para Oëttl no Campeonato, bem como a perder terreno para aqueles que o perseguem. Com um pódio em 2020, na ronda australiana de abertura da temporada, poderá Perolari regressar ao pódio e manter o quinto lugar na classificação?

Em sexto lugar no Campeonato está Raffaele de Rosa (MV Agusta Reparto Corse) como o único representante da MV nos seis primeiros lugares do Campeonato. O piloto italiano fica a apenas um ponto de Perolari e a cinco de Oëttl na luta pelo quarto lugar no Campeonato.

De Rosa somou dois pódios nas últimas quatro corridas, incluindo um em Aragón, e parece tornar-se mais forte quanto mais corridas passam e espera usar isso a seu favor durante as duas corridas de SSP.

Um piloto que vai entrar na Ronda de Teruel cheio de confiança é Danny Webb (WRP Wepol Racing) depois de garantir o seu melhor resultado da temporada na Corrida 1 no MotorLand Aragón com o nono lugar, antes de igualar o resultado na Corrida 2.

Hannes Soomer (Kallio Racing) vai tentar recuperar de uma dececionante participação em Aragón, onde se retirou das duas corridas depois de mostrar um forte ritmo na Superpole Tissot para partir do quinto lugar. Outro piloto que vai entrar em Teruel em alta é Peter Sebestyen (Yamaha Team Toth) depois de o piloto húngaro ter garantido o seu melhor lugar de sempre com o nono lugar no Superpole Tissot, convertendo-o em pontos na Corrida 2 após uma batalha com Webb, Manuel Gonzalez (Kawasaki ParkinGO Team) e Federico Fuligni (MV Agusta Reparto Corse).

A ação do Mundial das Supersport chega ao rubro, com uma segunda ronda no MotorLand Aragón. Um circuito familiar para todos na grelha após o primeiro fim-de-semana em Aragón, a Ronda Pirelli Teruel deve estar cheia de emoção e ação durante todo o fim-de-semana, enquanto os pilotos procuram aproximar-se do líder do Campeonato.

Andrea Locatelli (Yamaha Bardahl Evan Bros.) entra na Ronda de Teruel depois de ter vencido todas as sete corridas em 2020, e de um duplo sucesso em MotorLand Aragón. O estreante italiano, que veio das Moto2 para a temporada de 2020, conquistou todas as pole positions, voltas mais rápidas e vitórias nas corridas em 2020 e vai procurar continuar esse sucesso com mais vitórias na Ronda de Teruel. Locatelli entra na ronda com uma vantagem de 45 pontos no Campeonato e vai tentar ampliar isso ao longo da ronda.

O rival mais próximo de Locatelli nas SSP é Jules Cluzel (Yamaha GMT94), depois do francês ter garantido mais dois segundos lugares no Campeonato, o que significa que já somou seis segundos lugares em sete em 2020

Cluzel demonstrou uma consistência notável para garantir tantos segundos lugares e vai procurar melhor e acabar com a vitória, pondo fim à notável série de vitórias de Locatelli. Conseguirá estar no degrau mais alto do pódio em Aragón?

Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) é terceiro no Campeonato, depois de ter reclamado mais dois top-5 em MotorLand Aragón, mas perdeu terreno para os pilotos à sua frente. Mahias mostrou um forte ritmo nas primeiras etapas da corrida para lutar com Locatelli e Cluzel, mas recuou com problemas de pneus à medida que a corrida progredia. Com mais dados recolhidos, Mahias espera poder lutar por um período mais longo durante as duas corridas durante a Ronda Teruel.

Philipp Oëttl (Kawasaki Puccetti Racing) subiu ao quarto lugar do Campeonato, após um pódio e um quarto lugar na Ronda de Aragón e o piloto alemão procura continuar a sua impressionante forma em MotorLand. Oëttl tem dois pódios em 2020, ambos terceiros lugares, e vai tentar somar a sua contagem de pódios em mais duas corridas em Aragón.

Corentin Perolari (Yamaha GMT94) está em quinto lugar no Campeonato, após a Ronda de Aragón, onde terminou em décimo e sétimo lugar, perdendo para Oëttl no Campeonato, bem como a perder terreno para aqueles que o perseguem. Com um pódio em 2020, na ronda australiana de abertura da temporada, poderá Perolari regressar ao pódio e manter o quinto lugar na classificação?

Em sexto lugar no Campeonato está Raffaele de Rosa (MV Agusta Reparto Corse) como o único representante da MV nos seis primeiros lugares do Campeonato. O piloto italiano fica a apenas um ponto de Perolari e a cinco de Oëttl na luta pelo quarto lugar no Campeonato.

De Rosa somou dois pódios nas últimas quatro corridas, incluindo um em Aragón, e parece tornar-se mais forte quanto mais corridas passam e espera usar isso a seu favor durante as duas corridas de SSP.

Um piloto que vai entrar na Ronda de Teruel cheio de confiança é Danny Webb (WRP Wepol Racing) depois de garantir o seu melhor resultado da temporada na Corrida 1 no MotorLand Aragón com o nono lugar, antes de igualar o resultado na Corrida 2.

Hannes Soomer (Kallio Racing) vai tentar recuperar de uma dececionante participação em Aragón, onde se retirou das duas corridas depois de mostrar um forte ritmo na Superpole Tissot para partir do quinto lugar. Outro piloto que vai entrar em Teruel em alta é Peter Sebestyen (Yamaha Team Toth) depois de o piloto húngaro ter garantido o seu melhor lugar de sempre com o nono lugar no Superpole Tissot, convertendo-o em pontos na Corrida 2 após uma batalha com Webb, Manuel Gonzalez (Kawasaki ParkinGO Team) e Federico Fuligni (MV Agusta Reparto Corse).

1 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x