SBK, história: Top 10 das vitórias finais, Parte 2

Por a 20 Junho 2020 16:00

À medida que o Campeonato do Mundo de Superbike de 2020 se prepara para regressar às pistas, revivemos alguns dos momentos mais icónicos da história do Campeonato. Seguindo a partir da Parte 1, vemos quais as, Corridas que perfazem o top 5 de vitórias finais alcançadas pelas estrelas das SBK no passado.

 

5) Masterclass de Melandri: Phillip Island, Corrida 2, 2018

Em termos de estilo e proximidade, as últimas vitórias não vêm muito melhores do que o deslumbrante show de Marco Melandri em 2018. Depois de ter vencido a Corrida 1, Melandri deixou até à última volta da Corrida 2, até à linha de meta, para passar à frente de Jonathan Rea para conseguir uma vitória final. Com uma margem de 0,021s, é o mais próximo da lista e garantiu Melandri a dupla nesse fim de semana, tornando-se o primeiro italiano numa Ducati desde Pierfrancesco Chili em Kyalami em 1998 a alcançar a dupla vitória. Bem jogado, Marco.

4) Pérola do Qatar de Guintoli: Losail, Corrida 2, 2014

24 anos depois do primeiro e único campeão francês das SBK, Roche, Sylvain Guintoli fez a sua própria história, chegando ao título numa dramática Corrida final da temporada de 2014. O piloto da Aprilia entrou na última Corrida em Losail com um défice de três pontos, mas sabendo que uma vitória lhe garantiria o título, “Guinters” voou para a vitória no Qatar, enquanto o antigo líder do Campeonato e campeão Tom Sykes só conseguiu levar a sua Kawasaki ao terceiro lugar. Guintoli, agora ensaiador da Suzuki em MotoGP, nunca mais ganharia…

3) O Campeão do Povo pela última vez: Misano, Corrida 2, 2004

Pierfrancesco Chili está na ribalta e mais uma vez para a Corrida2 em Misano em 2004. Entrando na prova como líder do Campeonato, Chili fez uma decisão arrojada para começar a corrida num pneu traseiro intermédio, enquanto a chuva continuava a cair. Chegando a andar em 15º, nunca desistiu e, com 11 voltas restantes, tinha Regis Laconi 11 segundos à sua frente. Passou-o na última volta para averbar a sua última vitória em SBK; uma das melhores corridas da história das SBK, que mostrou que ‘Frankie’ era imparável em casa.

2) Bayliss desiste no topo: Corrida 2 de Portimão, 2008

Na altura, era a sua prova de despedida, fazendo desta a derradeira despedida do herói. Portimão chegou ao calendário das SBK pela primeira vez em 2008 e apesar da presença duma série de wildcards britânicos, incluindo Jonathan Rea, foi mais uma lenda do seu tempo a deixar a marca no Campeonato. Troy Bayliss pilotou sem falhas na corrida 2 para garantir a sua 52ª e última vitória, chegando a casa com uma margem de 3,6s à frente do colega de equipa Michel Fabrizio. Até logo, adeus mas afinal, reencontramo-nos novamente e inesperadamente em 2015!

1) As conquistas de Colin Edwards para criar um clássico: Imola, Corrida 2, 2002

O “Desafio Final de Imola” em 2002 é, sem dúvida, um dos maiores regressos de todos os tempos, uma das maiores corridas de motociclismo de todos os tempos e, sem dúvida, um dos mais sensacionais duelos de última volta alguma vez vistos. No entanto, sem saber na altura, esta seria a última vitória de Colin Edwards, não só nas SBK, mas na sua carreira de motociclismo. O ritmo frenético na corrida pelo primeiro lugar do Campeonato na última corrida da temporada ofuscou um pouco o facto de a vitória final de Colin Edwards ter chegado na corrida final da temporada… que não é de todo uma má forma de se despedir do Mundial de SBK.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x