SBK: Bautista na Honda HRC para 2020

Por a 23 Setembro 2019 12:15

Sabia-se que Álvaro Bautista vai deixar a Ducati no final desta época, ao mesmo tempo que havia rumores de que o Espanhol de Tavalera de La Reina iria assinar pelo Honda num regresso da marca a sério ao Mundial de SBK… agora, confirma-se.

O espanhol passa da equipa da Ducati Aruba para a novíssima e esperada equipa de fábrica da Honda, apoiada pela HRC. O piloto de 34 anos conquistou 15 vitórias sem precedentes em 2019, mas a sua forma inconsistente colocou-o 91 pontos atrás do quatro vezes campeão de SBK, Jonathan Rea (Kawasaki Racing).

11 das 15 vitórias de Bautista ocorreram nas 11 primeiras corridas, antes de Jonathan Rea inverter as coisas em Ímola. Duas vitórias em Jerez antes do seu primeiro acidente da temporada, a temporada de Bautista desmoronou-se num piscar de olhos a partir desse momento. No entanto, de volta ao pódio em Portugal, depois de uma Laguna Seca sem pontos, mostrou sinais de que a sua temporada de estreia nas SBK ainda mexe.

O Espanhol leva toda a sua experiência para a Honda e já conhecedor dos circuitos desta temporada, Bautista espera trazer o icónico fabricante japonês de novo para a frente da classe de produção mais rápida do mundo.

Falando sobre a sua mudança para o novo equipamento da HRC, o Campeão do Mundo de 125cc de 2006 disse: “Estou muito feliz, porque acredito muito no novo projeto da HRC. Eles querem voltar ao campeonato mundial de Superbike como uma equipa completa de fábrica, e isso motivou-me muito. Entrar com a HRC é muito importante, pois é uma fábrica importante e deseja vencer novamente em SBK. O desafio para o próximo ano será muito difícil, mas com certeza tentarei usar a minha experiência no campeonato mundial de Superbike desta temporada para desenvolver a moto e, esperemos, lutar por vitórias. ”

Bautista não é estranho ao desenvolvimento de motos, tendo feito isso com a Aprilia Gresini em MotoGP duas temporadas, antes de recorrer à equipa da Ducati Angel Nieto e ser um finalista consistente nos primeiros 8. Nas SBK nesta temporada, fez parte do desenvolvimento da Ducati Panigale V4 R, que viu a sua experiência ser crucial nos resultados da moto.

“Não foi uma decisão fácil, pois estou muito feliz com a família Ducati”, disse Bautista. “Começámos com a nova moto e um novo projeto, e estávamos vencendo muitas corridas. Não foi fácil, mas o projeto que a HRC me ofereceu motivou-se muito, pois começaremos do zero. Eu sinto-me uma das pessoas mais importantes deste projeto.”

A equipa da Honda em 2019 teve resultados medíocres devido em parte ao afastamento de Leon Camier. Três dos dez melhores resultados, vieram pelo seu substituto em Misano Yuki Takahashi, que alcançou o melhor resultado da temporada – e Alessandro Delbianco (Althea Mie Racing Team) também teve destaque no esforço de 2019 do fabricante japonês.

Vendo claramente 2020, Bautista é cauteloso em prever muito de imediato, mas quer lutar por vitórias ao longo da próxima temporada: “É difícil dizer agora sobre as metas para 2020, mas quero trabalhar duro nos testes de inverno e chegar à primeira ronda da melhor maneira possível. Eu gostaria de lutar por vitórias desde o início, mas veremos como tudo está mais próximo adiante. ”

O presidente da HRC, Yoshishige Nomura, declarou a sua satisfação por Bautista ingressar na família HRC, numa tentativa de trazer melhores resultados ao fabricante japonês nas SBK: “Estamos muito felizes por receber Álvaro Bautista no nosso projeto de SBK para o próximo ano. A sua chegada à família de corridas Honda destaca o nosso forte compromisso de competir com força total em todas as categorias, lutando para alcançar os melhores resultados desportivos e buscando inovações tecnológicas, a fim de oferecer aos nossos fãs e clientes diversão, alegria e excelentes produtos.”

“Álvaro é um piloto muito rápido e experiente, que já demonstrou uma forte atitude e competitividade nos anos de GP e na sua primeira temporada no campeonato SBK. Estamos confiantes de que ele dará uma contribuição significativa ao crescimento e desenvolvimento de nosso projeto no emocionante e desafiador Campeonato Mundial de Superbike. ”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png