CEV: Pedro Nuno com jornada negativa em Valência

Por a 20 Setembro 2016 10:29

Num fim-de-semana muito importante para os objectivos de 2016, Pedro Nuno e o Team Target estiveram no circuito espanhol de Valência para enfrentar aquela que foi a penúltima prova do CEV 2016.

A apenas 10 pontos do terceiro classificado do competitivo campeonato Superstock 600 o piloto do Porto Alto conseguiu na qualificação a oitava posição mas no momento do arranque juntou-se de imediato ao lote dos primeiros apostado que estava em discutir uma posição de pódio e recuperar no campeonato.

Mas ainda na volta de abertura tudo se precipitou e ao ser vitima de um toque de um outro piloto e foi forçado a sair para a escapatória para evitar uma queda. O resultado foi a descida aos últimos lugares e o sistema de travagem dianteiro da Yamaha R6 inoperacional, condicionando ainda mais o resultado.

Contudo numa verdadeira prova de esforço Pedro Nuno manteve-se em pista até ao final e recuperou até ao 17º posto entre as quatro dezenas de adversários, não conseguindo no entanto entrar nos pontos.

“Foi muito injusto o que me aconteceu. Arranquei muito bem e estava no grupo da frente mas com o toque tudo se perdeu. Infelizmente são momentos de corrida que podem acontecer com todos os pilotos e que na realidade reflectem o nível elevado de competição que existe neste pelotão. Sem travão dianteiro não podia mesmo fazer mais.”

Este resultado deixa Pedro Nuno na sexta posição do campeonato espanhol de velocidade quando falta apenas uma prova para o fecho da época no circuito de Navarra.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png