António Maio: “Bati num ramo com o punho direito”

Por a 31 Maio 2016 17:06

A Baja de Loulé ficou inevitavelmente marcada pela violenta queda do atual campeão nacional, António Maio,  durante o Prólogo, que levou ao seu abandono da prova algarvia. Este incidente deixou muito mal tratada a sua Yamaha  WR 450F, enquanto que Maio ficou ferimentos profundos num braço, tendo mesmo de ser seturado com pontos.

Em relação ao acidente que sofreu em Loulé, o piloto da Yamaha explicou que à “saída de uma curva e em plena aceleração bati num ramo com o punho direito, a moto travou bruscamente, despistei-me, não bati em nada mas fui muito tempo de rojo. Ainda tentei levar a moto até final apesar de muito danificada e de  também ter alguns ferimentos graves, mas cheguei já fora do limite de tempo“.

Apesar do infortúnio de que foi alvo, António Maio congratulou a vitória do seu colega de equipa, Sebastian Bühler, na prova algarvia, naquele que foi o primeiro triunfo do jovem piloto no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. “Estou muito contente por ele. Espero que esta seja a primeira de muitas vitórias, porque estou certo de que ele vai ter um futuro brilhante pela frente”.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Nacional TT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png