MX2, Charente Maritime, Final: Vialle encurta vantagem de Geerts para 2 pontos!

Por a 21 Agosto 2022 16:30

Reviravolta nas contas do campeonato do mundo de MX2 no Grande Prémio de Charente Maritime em França.

Primeira manga

Para gáudio do público francês, Thibault Benistant arrancou na frente de Tom Vialle, Andrea Adamo, Simon Langenfelder, Roan Van de Moosdijk e Jago Geerts.

Benistant e Vialle tentaram fugir a todos os outros mas Geerts não demorou a chegar à 3.ª posição, colando-se de imediato à traseira da KTM n.º 28.

trio lutou pela vitória durante toda a corrida com várias “ameaças” de ultrapassagem entre eles. Benistant segurou atrás de si os dois candidatos ao título que chegaram a esta ronda separados por 15 pontos no campeonato, com vantagem para o belga.

No cair da bandeira de xadrez, Vialle conseguiu ganhar 2 pontos a Geerts enquanto que mais para trás, Simon Langenfelder Mikkel Haarup fecharam o Top 5.

1.ª manga MX2 Charente Maritime

1. Thibault Benistant (FRA, Yamaha), 34:13.423; 2. Tom Vialle (FRA, KTM), +0:01.860; 3. Jago Geerts (BEL, Yamaha), +0:04.781; 4. Simon Laengenfelder (GER, GASGAS), +0:26.284; 5. Mikkel Haarup (DEN, Kawasaki), +0:29.579; 6. Andrea Adamo (ITA, GASGAS), +0:31.352; 7. Liam Everts (BEL, KTM), +0:32.122; 8. Stephen Rubini (FRA, Honda), +0:48.509; 9. Tom Guyon (FRA, KTM), +0:50.911; 10. Kevin Horgmo (NOR, Kawasaki), +1:23.049; 11. Jan Pancar (SLO, KTM), +1:28.605; 12. Jakub Teresak (CZE, KTM), +1:30.273; 13. Roan Van De Moosdijk (NED, Husqvarna), +1:37.407; 14. Kay de Wolf (NED, Husqvarna), +1:42.182; 15. Emil Weckman (FIN, Honda), +1:56.952; 16. Joel Rizzi (GBR, Yamaha), -1 lap(s); 17. Leopold Ambjörnson (SWE, Husqvarna), -1 lap(s); 18. Florent Lambillon (BEL, Suzuki), -2 lap(s); 19. Kay Karssemakers (NED, KTM), -16 lap(s);

Segunda manga

Partindo para a segunda manga com 13 pontos de desvantagem para Jago Geerts, Tom Vialle arrancou na frente de todo o pelotão, sendo perseguido inicialmente por Thibault Benistant, Tom Guyon, Roan Van de Moosdijk e Geerts.

Vialle rapidamente “cavou” um fosse de cerca de 3 segundos entre ele e Benistant, enquanto que Guyon não tardou a ser pressionado pelo líder do campeonato.

Claramente ao ataque, Jago Geerts foi além do que devia no traiçoeiro circuito francês e caiu quando seguia na 4.ª posição.

Ultrapassado por Van de Moosdijk, Liam Everts e Kevin Horgmo, o piloto da Yamaha desceu para 7.º, lugar em que viria a terminar.

Em termos de campeonato, Geerts teve um dia para esquecer… o belga chegou a França com 15 pontos de avanço sobre Vialle e saiu de lá com apenas 2 pontos…

Tudo se decidirá nos dias 3 e 4 de Setembro na Turquia, país que recebe a derradeira prova do campeonato do mundo de Motocross de 2022!

:.

(Foto: Ray Archer/KTM)

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x