MotoGP, 2020: Após Misano, Oliveira para KTM de fábrica?

Por a 25 Junho 2020 14:00

Com o  regresso às pistas e tanto ainda por definir, o mercado de pilotos pode estar prestes a revelar outras surpresas. Numa temporada de MotoGP muito afetada devido à emergência do Covid-19, os empresários não ficaram parados e há muitos rumores de possíveis trocas.

A primeira coisa a definir será a oficialização de Pol Espargaró na Honda HRC, que agora se diz acarretará a passagem de Miguel Oliveira, o mais rápido ontem em pista, da Tech3 para a KTM, com o caminho inverso para Brad Binder. Já vem tarde, dizemos nós!

O que é engraçado é que gente normalmente muito aberta e franca, como Hervé Poncharal da Tech 3 ou Mike Leitner da KTM, se fecham em copas neste assunto: A afirmação de Leitner de que em breve, “quando todas as cartas estiverem na mesa”, se sentará com o Diretor de Competição Pit Beirer  e com Poncharal “para decidir o que é melhor para a KTM” pode ser interpretada como convencer Poncharal a largar Miguel Oliveira, que agora se confirma, sem lesões e na nova KTM pode ser o mais rápido na moto, para a equipa de fábrica.

Também ainda hoje, espera-se a confirmação iminente de Danilo Petrucci na KTM, segundo a “Gazzetta dello Sport’.

Por outro lado, fala-se de um possível regresso bombástico de Lorenzo à Ducati, com Gigi Dall’Igna a comentar aos jornalistas que estão “entalados” nas verbas na negociação com Dovizioso, e continuamos à espera de conhecer o destino de Andrea Iannone na sequência do recurso ao Tribunal Arbitral: nessa altura, outra corrida abrir-se-ia para que iria entrar na Aprilia na nova RS-GP. Fala-se de Cal Crutchlow, mas para já, é Bradley Smith que vai ter uma oportunidade única na vida.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x