MotoGP: Rossi faz um vídeo revelador

Por a 29 Julho 2021 14:30

As férias de Verão terminaram e antes de regressarem ao Red Bull Ring, vários elementos do clã Rossi tem estado a comentar nas redes sociais o momento atual, começando pelo próprio Rossi

“Sabemos que é difícil porque o nível é muito elevado. Queremos obter melhores resultados na segunda parte da época.” Valentino Rossi

Tanto o leal Uccio Salucci como o seu meio-irmão Luca Marini deixaram claro que o Doctor não está bem no espírito de um piloto de pré-reforma que prepara a sua festa de despedida na Estíria.

Salucci disse recentemente:

“Seja qual for a sua escolha para o futuro, ainda há uma época para terminar. Se é aquela que termina a sua carreira, ele não quer que acabe assim. Sabemos que não temos potencial para ganhar corridas, mas temos potencial para terminar melhor que em décimo quinto lugar. Temos um grande apoio da Yamaha, e da equipa e o Valentino tem treinado com o um doido, porque queremos tentar fazer estas 10 corridas no topo do nosso nível, o que não é o caso agora.”

O próprio Doctor partilhou os seus sentimentos num vídeo da Petronas. No entanto, os observadores ainda pensam que é tempo de seguir em frente…

Aproxima-se o prazo para uma decisão sobre o futuro de Valentino Rossi. No que diz respeito a oportunidades, existe apenas a opção de uma Ducati na sua própria equipa VR46 a considerar continuar nas corridas.

De facto, o chefe da equipa de Grande Prémio da Petronas, Razlan Razali, já deixou claro que não gostaria de continuar a atual aventura com o piloto multi-titular colocado na sua boxe pela Yamaha, aproveitando a oportunidade para deixar claro que pretende concentrar-se em pilotos jovens.

Uma mensagem que também vale para Andrea Dovizioso.

É no entanto para consumo da formação malaia que Valentino Rossi dá as suas notícias, partilhando as suas intenções para a segunda parte da temporada que começará a partir de 6 de Agosto na pista de Spielberg:

“A primeira parte da temporada não foi fantástica para nós, debatemo-nos um pouco” diz ele com um ar sério que também mostra a sua implicação.

“Sabemos que é difícil porque o nível dos pilotos e de todas as motos no MotoGP é muito elevado. Sabemos que temos de lutar com muitas dificuldades, e queremos e esperamos mais. Queremos obter melhores resultados e trabalhar arduamente na segunda parte da época.”

Uma motivação e uma intenção de luta que não se encaixam realmente na ideia de um piloto que vai desistir. No entanto, nos bastidores, muitos gostariam de o convencer a pendurar o capacete e fato. Falando recentemente, o empresário de Petrucci, Alberto Vergani, disse sobre Rossi: “Ele é um monumento, mas nesta fase seria correto mudar de emprego. Estar tão atrasado é uma penitência, uma estrela tem de sair como uma estrela!”

E acrescentou: “Se eu tivesse sido Vale, após o acidente na Áustria, escapar por tão pouco, com aquele risco louco, teria dito basta. Na cabeça de um campeão como Agostini, teria sido um sinal a ter em conta. Valentino terá de pensar noutra coisa, focar-se na equipa de MotoGP. É uma mudança de profissão que está aí. E também vai poder fazer algumas corridas de automóveis”.

É preciso lembrar que o regresso às corridas terá lugar na Áustria, justamente onde Rossi teve um aviso que pelos vistos não interiorizou, segundo Vergani, referindo-se aos destroços das motos de Zarco e Morbidelli, que passaram a cm da sua cabeça  mas acabaram por atravessar milagrosamente a pista do Red Bull Ring sem acertar em ninguém. Rossi, mas também Viñales, viu-os passar de perto e foi um daqueles momentos que terminam carreiras.. ou mudam a atitude dum piloto para sempre.

5 3 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x