MotoGP, Enea Bastianini: “Posso ser um problema para o Pecco”

Por a 16 Maio 2022 21:39

A luta pelo segundo assento na equipa de fábrica da Ducati para a temporada 2023 da MotoGP, está a tornar-se cada vez mais acesa. O vencedor de Le Mans, Enea Bastianini, acha que sabe porque Pecco Bagnaia prefere ter Jack Miller como colega de equipa.

Com a sua terceira vitória da temporada, o italiano de 24 anos reforçou as suas ambições pelo segundo lugar na Ducati Lenovo a partir de 2023 – ao lado de Pecco Bagnaia. Após a pole-position no sábado, o próprio Pecco deixou claro nas entrevistas que gostaria de continuar a ter o seu atual companheiro de equipa Jack Miller ao seu lado. “Não sou o chefe da Ducati, mas acho que a minha situação é melhor em comparação com os outros pilotos da Ducati”, disse Bastiniani, acrescentando. “Não sei se a Ducati quer ouvir o Pecco. Mas mesmo que eu fique com a Gresini ou na equip principal, sei que posso ser rápido com uma moto de fábrica”.

Esta época, o actual terceiro classificado do mundial conduz uma GP21 do ano passado com as cores da Gresini. “Acho que a minha moto está muito próxima das motos de fábrica. O Gigi (Dall’Igna) e outras pessoas da Ducati, ficam felizes quando eu ganho. Isso é o mais importante para mim.”

Questionado sobre a preferência de Pecco em manter o atual companheiro de equipa, o vencedor de Le Mans respondeu: “Acho que ele prefere o Miller porque quer ser o líder da Ducati. Ele conhece o meu potencial e também o do Martin”, acrescentou Enea, “e isso pode ser um problema para ele.” Mas houve realmente conversas entre Pecco e os responsáveis da Ducati sobre o futuro companheiro de equipa de Baganaia? “Não”, assegurou o protegido da VR46.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x