MotoGP, 2021, Silverstone: Daniele Romagnoli elogia Martin

Por a 21 Agosto 2021 17:00

O ex-técnico-chefe da Ducati, agora encarregado de Jorge Martin na equipa satélite, só tem boas coisas a dizer do sensacional madrileno

“Jorge Martin tem uma velocidade incrível a aprender coisas. Explica-lhe a telemetria, um cenário qualquer, e ele compreende-a de imediato…

Muito se tem dito de Jorge Martin depois da sua extraordinária recuperação de lesão para vencer, mas que pensa o mecânico-chefe Daniele Romagnoli do seu discípulo?

“Na minha opinião, Jorge Martin é uma verdadeira expressão da geração jovem, como Melandri era no seu tempo, mas Martin não é a evolução 2.0, mas sim a 3.0! Ele tem uma velocidade incrível a aprender coisas. Explica-lhe a telemetria, um cenário qualquer, e ele compreende-a e interpreta-o de imediato… Fico muito contente com isso. E depois, teve azar, porque ficou ferido e falhou quatro corridas. O que é que posso dizer?”

No Qatar, fez a pole position e terminou o seu primeiro Grand Prix em terceiro lugar. Depois, na Áustria, partiu da pole e ganhou a corrida”.

Romagnoli acaba por concluir:

“O bom do Jorge é que ele nos diz: nesta volta vou fazer isto, na corrida vou fazer isto e 90% do tempo em que ele tem razão, e faz o que disse!”.

George Martin também é, ainda por cima, modesto, quando diz:

“A Ducati é uma moto à qual não tive de fazer nada de extraordinário para me adaptar, é uma moto que foi feita para mim. Desde o primeiro momento que me senti muito confortável. Por vezes posso ter esta parte agressiva quando preciso, como no outro dia da corrida, posso ser bom e gerir muito bem os pneus, o meu físico e pensar muito na moto. Não creio que seja a melhor moto para um ‘novato’, mas é a melhor moto para mim!”

E acrescentou: “Acho que tenho muito espaço para melhorar, estou a aprender muito rapidamente. Este ano estou muito impressionado com a forma como estou a aprender, e é isso que o meu mecânico-chefe me diz. Sou super-sensível a todas as mudanças, posso também adaptá-las ao meu estilo e penso ter aprendido com todas as mudanças de máquina nas diferentes categorias”.

A dose dupla austríaca foi benéfica para Jorge Martin. O estreante venceu a sua primeira corrida de MotoGP a partir da pole e terminou em terceiro à chuva na segunda corrida. Nesta fase da época, Jorge Martin está classificado no 10º lugar da geral com 64 pontos, à frente de Marc Márquez.

Os seus rivais para o título de Rookie do Ano são Bastianini com 31 pontos e Luca Marini com 27 pontos.

Mas a sua ambição é obviamente maior: “Ser campeão de MotoGP é o meu grande sonho e depois desta vitória posso vê-lo mais perto, dá-me muita confiança para o futuro”. E o futuro promete, aparentemente.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x