MotoGP, 2021, Qatar: Zarco prova o seu valor

Por a 30 Março 2021 13:30

O 2º lugar em Losail justificou a confiança da Ducati no duplo campeão do mundo de Moto2

“Desde que consiga manter a energia certa e sentir-me bem na moto, posso ter a oportunidade de ter corridas assim a toda a hora!”

A meio da temporada de MotoGP de 2019, a carreira de Johann Zarco bateu no fundo, ao separar-se da KTM após apenas 13 corridas.

Um 11º lugar no GP de San Marino, a 32 segundos do vencedor Marc Márquez foi a última vez que Zarco e a fábrica austríaca competiram juntas.

Avançamos um ano e meio e Zarco terminou o Grande Prémio do Qatar de 2021 como o piloto mais rápido da Ducati em 2º, a 1,092 segundos do vencedor Maverick Viñales da Yamaha Monster Energy. O contraste é bem grande.

A Esponsorama Racing e a Ducati vieram salvar o duplo campeão de Moto2 para 2020.

Um pódio no GP da República checa foi o ponto alto numa campanha bastante tranquila sobre máquinas mais antigas para o francês, mas um novo ano amanheceu em 2021 e Zarco teve a oportunidade de provar o seu valor na mais recente GP21 da Ducati, desta vez com as cores da Pramac Racing.

E é seguro dizer que o número 5 retribuiu a fé de Bolonha nele.

O Circuito Internacional de Losail é um dos traçados preferidos da Ducati. Antes de qualquer temporada, é uma aposta segura dizer que a Ducati vai pelo menos lutar pela vitória no Qatar e no Red Bull Ring da Áustria, entre outros circuitos, claro.

Assim, Zarco bater o homem  da pole Francesco Bagnaia e o seu companheiro de equipa da Ducati Lenovo Jack Miller ambos apontados como grandes favoritos, numa luta direta, é algo de notável.

Paolo Ciabatti : “Obviamente é sempre bom estar no pódio. Como sabem, esperávamos estar no topo do pódio, mas a corrida foi uma boa corrida, acho que ter duas Ducatis no pódio em segundo e terceiro é bom.”

“O Zarco e o Bagnaia fizeram uma grande corrida, temos um motor potente, podes ver depois da última curva. Boa corrida de Maverick, fez um bom trabalho e felizmente temos outra corrida no próximo fim de semana e vamos tentar fazer melhor.”

O próprio Zarco ficou obviamente satisfeito com o que tinha acabado de alcançar na GP21 da Pramac:

“Lutar por vitórias e pódios será o objetivo ideal e a época ideal, acho que eu e a moto temos potencial, desde que consiga manter a energia certa e sentir-me bem na moto, posso ter a oportunidade de ter corridas assim a toda a hora. Mas não quero pensar muito nisso, porque posso perder-me. Já estou bastante confiante com a equipa e com a moto, quando estou na moto sinto-me imparável porque podemos ser tão rápidos. Por isso, quero ter esta sensação quase sempre para desfrutar muito desta temporada.”

Zarco já começou a sua redenção, e os primeiros sinais são de que tem boas hipóteses de tocar uma melodia doce na sua Ducati ao longo de 2021.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x