MotoGP, 2021: Petrucci quer bater pelo menos um dos recordes de Rossi

Por a 4 Fevereiro 2021 14:00

O novo piloto da KTM tem os objetivos alinhados, e um deles pode ser surpreendente

“Gostaria de continuar até ser o mais velho” Petrucci

Danilo Petrucci, depois de passar as últimas seis temporadas na Ducati, decidiu assumir um novo desafio na KTM. O duplo vencedor em Grande Prémio parece estar a chegar na altura certa ao fabricante austríaco e até mesmo no lugar certo, uma vez que foi a equipa Tech3, com Miguel Oliveira, que conseguiu duas das três vitórias registadas pela RC16 o ano passado.

No entanto, o italiano sabe que nada lhe será oferecido ou fácil e já estabelece objetivos gerais, incluindo um particular relativo a Valentino Rossi …

Petrucci será um novo piloto da KTM em 2021 e se aborda esta perspetiva com avidez, também olha para ela com humildade.

“Binder e Oliveira são dois pilotos muito fortes que fazem parte do mundo da KTM desde que eram jovens”, diz. Fala também do seu colega de equipa Lecuona, que é um pouco maior do que os dois acima mencionados, uma morfologia que o tranquiliza, porque sempre apontamos o dedo a este aspeto em Petrux:

“A KTM não é muito pequena para mim. Encontrei imediatamente uma boa ergonomia. Certamente, em termos de forma e aerodinâmica, a KTM tem um conceito diferente. O vidro é menor, mas passámos um longo dia no túnel de vento só para que tudo corresse bem.”

E Petrux também tem os seus argumentos a fazer: “A KTM confiou na minha experiência. Têm três jovens pilotos rápidos. Sou o mais maduro.”

Terá, portanto, de mostrar alguma fiabilidade e regularidade nos resultados, apesar de ter sido o último a chegar a Mattighofen. Um desafio ainda maior, já que Petrucci tem apenas um contrato de um ano no bolso.

Isso leva-nos aos seus objetivos para 2021. Petrucci não esconde o assunto, mas continua vago: “Não está fora dos meus objetivos voltar a ganhar, ganhar com duas fábricas diferentes, que é algo que os melhores pilotos fizeram. É um desafio plausível, mas não tenho expectativas. Nos últimos dois anos, ganhei sempre uma corrida, por isso gostava de continuar, e talvez até aumentar um pouco a fasquia “, sorri o piloto de 30 anos. “Não é que não tenha tentado nos últimos anos, mas só consegui ganhar uma vez por ano.”

E depois há outro propósito, no mínimo original...

“Comecei em 2012, quando era o mais novo da grelha, este será o meu 10º ano, estou agora entre os mais velhos. Gostaria de continuar até ser o mais velho, por isso planeio correr mais alguns anos se for rápido. Neste momento, não consigo imaginar um futuro depois do MotoGP.”

O alvo neste sentido parece ser Valentino Rossi, que aos 41 anos tem batido recordes nesse aspeto. Mas para aguentar até lá, será preciso um espírito tenaz.

“O meu objetivo é ter um sorriso na cara no final da época e ficar satisfeito por saber que dei o meu melhor. Também seria uma conquista.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x