MotoGP, 2021, Le Mans: VR46 vai anunciar parceria com a Ducati

Por a 9 Maio 2021 19:30

A confirmar já em Le Mans ou Mugello, tudo indica que a nova equipa de Valentino Rossi na MotoGP com apoio da Aramco irá competir com Ducati em 2022

O Diretor Desportivo da Ducati Paolo Ciabatti diz que até Mugello comunicarão a sua decisão de fornecer motos ou à VR46 ou a Gresini, que Ciabatti considera igualmente credenciadas. Mas já se sabe que, no caso da VR46, o acordo está quase garantido.

A Ducati Corse está em alta, pois já reclamou sete dos doze pódios possíveis em quatro corridas de MotoGP este ano, 3 com Bagnaia, 2 com Zarco e um cada com Miller e Martin.

A Ducati liderou o Campeonato Mundial logo no começo após o evento duplo no Qatar com Zarco, e agora Bagnia está em primeiro lugar, e Jack Miller marcou a primeira vitória da época para as motos de Borgo Panigale há uma semana em Jerez.

Quer Ciabatti que o Diretor Técnico Gigi Dall’Igna também estão neste momento fortemente envolvidos nas negociações para equipar uma segunda equipa cliente com Desmosedici, juntamente com a Pramac.

Isto porque a Ducati tem opções sobre os seis pilotos de MotoGP actuais, incluindo os estreantes Bastianini e Marini, pelo que idealmente precisará novamente de seis pilotos na grelha.

“Estamos em conversações e continuamos a avaliar as possibilidades de uma segunda equipa de clientes”, disse Paolo Ciabatti antes do GP e França. “Mas, de momento, não podemos anunciar qualquer notícia a este respeito”.

Com a Pramac a continuar com a Ducati, a Petronas com a Yamaha, e a Gresini à beira de um acordo com a Aprilia, a Tech3 já confirmou que fica com a KTM e a LCR a continuar com a Honda como parceiro, o único parceiro possível para a Ducati é a futura equipa Aramco VR46 de Valentino Rossi.

Marini, Bastianini ou até Morbidelli, poderiam ser os pilotos, e é perfeitamente possível que Rossi assuma o papel de manager e se retire mesmo.

As palavras de Paolo Ciabatti são ponderadas, mas revelam muita confiança.

Para a Suzuki, aparentemente, os planos para uma equipa de clientes de MotoGP serão para já adiados. Isso deixa Rossi sem outra opção sensata, especialmente porque a Yamaha já disse que não quer fornecer uma terceira equipa.

5 2 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x