MotoGP, 2021: Johann Zarco aponta para o título como objetivo

Por a 2 Julho 2021 14:58

Johann Zarco já liderou a tabela do Mundial, e terminou a primeira metade da época do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2021 em segundo lugar

“Ser Campeão Mundial de MotoGP é o objectivo”.

Johann Zarco

O piloto da Ducati Pramac acredita que sabe o que o primeiro classificado Fabio Quartararo ainda tem pela frente.

Johann Zarco vai para as férias em segundo lugar no Campeonato do Mundo. Chegou mesmo a liderar brevemente a classificação do MotoGP depois da dupla de corridas do Qatar, mas depois de nove corridas segue o compatriota e piloto de fábrica da Yamaha Fabio Quartararo por 34 pontos.

Zarco estará feliz com a sua primeira metade da temporada e quatro segundos lugares?

“É melhor do que as expectativas no início da época”, comentou. “Mas quando se está na luta, quer-se aproveitar a oportunidade. O meu objectivo final é lutar pelo título e tentar ser Campeão do Mundo de MotoGP. Para o fazer tenho de ser inteligente e arriscar”.

“É melhor do que aquilo que eu teria previsto no início. Mas não posso descansar sobre os louros só porque é melhor. Tenho de aproveitar este momento, agarrar a chance”, acrescentou o piloto da Ducati Pramac.

O francês foi o primeiro piloto das Desmosedici ao terminar em quarto lugar no TT holandês em Assen, no domingo passado.

“Estou muito feliz. Se eu pensar apenas no título, poderia ficar desapontado por ter perdido pontos para o Fabio. Mas se eu pensar no Campeonato do Mundo como um todo, fico contente por ter ganho pontos em comparação com os pilotos que estão mesmo atrás de mim na classificação”, concluiu Zarco.

Em qualquer caso, o bi-campeão mundial de Moto2 quer concentrar-se mais no futuro. Porque, “É melhor olhar em frente. Isso ajuda sempre a avançar bem“.

No topo da tribuna, a meio do campeonato, encontra-se Quartararo. Segundo Zarco, a força do líder do campeonato mundial está, acima de tudo, na sua confiança na sua moto e no seu próprio potencial.

“Pela forma como monta pode ver-se que não hesita, que tem plena confiança. Isso são coisas que ainda me faltam um pouco. Vêm pouco a pouco e leva tempo”, explicou o homem da Pramac, que está a disputar a sua segunda temporada na Ducati.

Zarco está determinado a ser paciente, mas ao mesmo tempo sabe que haverá uma dupla oportunidade para uma primeira vitória no MotoGP logo após as férias de Verão na pista de Spielberg.

“No entanto, não se pode pensar que será fácil”, indicou Zarco. “Porque no MotoGP, se não se estiver mentalmente preparado para dar o máximo, não se colhe muito. E esse máximo deve-nos permitir ganhar em Spielberg, porque, como sabemos, a pista deve ser vantajosa para nós”.

Por “nós”, Zarco refere-se não só a si próprio e aos pilotos de fábrica da Ducati Miller e Bagnaia, mas também ao seu jovem companheiro de equipa Jorge Martin, já em segundo lugar na segunda corrida do Qatar antes do horror da queda de Portimão.

“O Martin agora tem uma pausa um pouco mais longa e pode recuperar a confiança durante os dois fins-de-semana, numa pista de que gosta muito e onde já era muito rápido na Moto2”.

5 2 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x