MotoGP, 2021: Crutchlow na Yamaha Petronas SRT nas próximas três corridas

Por a 28 Julho 2021 14:30

Cal Crutchlow substituirá Franco Morbidelli, ainda em recuperação, nos GPs da Estíria, Áustria e Inglaterra

É como ser atirado para o lado fundo da piscina, pois é uma classe de MotoGP muito competitiva, mas vai ser bom estar de volta à grelha.” Cal Crutchlow

A Yamaha Petronas Sepang Racing Team acaba de dar as boas-vindas a Cal Crutchlow como substituto de Franco Morbidelli, enquanto o piloto italiano continua a sua recuperação da cirurgia ao joelho esquerdo.

Crutchlow participará com a equipa malaia nos dois Grand Prix na Áustria, realizados em Spielberg, e no Grande Prémio de Inglaterra em Silverstone, a sua corrida de casa.

Crutchlow não é nenhum estranho às Yamaha de MotoGP, tendo iniciado a sua carreira na classe rainha com a marca japonesa em 2011, passando três épocas a bordo da Yamaha com a Tech3, e é agora o piloto oficial de testes e desenvolvimento de fábrica.

Razlan Razali, Diretor de Equipa Petronas, comentou:

“Depois de analisarmos todas as opções, foi uma decisão coletiva entre a Yamaha e nós próprios pedir a Cal Crutchlow para substituir o Franco, enquanto ele recupera da cirurgia. Cal é um piloto credível e experiente, que é atualmente piloto de teste para a Yamaha. Como uma equipa independente, é aqui que podemos realmente dar um passo em frente para ajudar a Yamaha. Cal será capaz de acumular alguma boa quilometragem na nossa M1, o que o deverá ajudar no seu trabalho de teste e desenvolvimento para a Yamaha. Cal irá substituir Franco nas próximas três corridas e não temos verdadeiros objetivos para ele, em termos de resultados. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para o apoiar e para o fazer sentir-se confortável na equipa. Ele já está familiarizado com algumas das pessoas chave da equipa, o que ajuda, e tenho a certeza de que está à altura do desafio.”

Cal Crutchlow disse por sua vez:

“É ótimo estar de volta à Yamaha este ano, como piloto oficial de testes, e poder intervir quando necessário é bom para todas as partes. Estou ansioso por andar para a Yamaha Petronas SRT nestes três Grand Prix. Obviamente que não vem nas melhores circunstâncias e desejo a Franco uma boa recuperação, espero que ele volte forte após a cirurgia ao joelho. Tenho a certeza que voltará, porque tem andado fantasticamente nos últimos dois anos.”

“É difícil estabelecer objetivos para estas três corridas e será mais uma questão de compreender a moto, uma vez que este ano tive dias de teste limitados. O bom será poder comparar as motos e poder reunir muitos dados para a Yamaha. É um pouco como ser atirado para o lado fundo da piscina, pois é uma classe de MotoGP muito competitiva, mas estou ansioso e vai ser bom estar de volta à grelha. Estou ansioso por conhecer a equipa na Áustria, embora já haja alguns rostos familiares para mim, porque o Wilco Zeelenberg foi meu Diretor de Equipa nas Supersport em 2009 e, na verdade, corri contra o Johan Stigefelt há alguns anos atrás, por isso vai ser um prazer estar de volta com eles!”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x