MotoGP, 2021, Aragón: Alex Márquez culpa-se pela colisão que o pôs fora

Por a 13 Setembro 2021 17:00

Enquanto o irmão Marc lutou pela vitória e estava de volta ao pódio, a corrida em Motorland Aragón terminou cedo para Alex Márquez

Completamente minha culpa”.

Após uma colisão com o colega de equipa Takaaki Nakagami, o piloto da LCR Honda acabou na gravilha na volta 1.

O ano passado Alex Márquez celebrou o seu primeiro pódio de MotoGP com o segundo lugar em Motorland Aragón, mas o Gran Premio de Aragón deste ano terminou para o piloto da LCR Honda logo na primeira volta.

Um acidente na curva 5 significou um fim precoce para o jovem de 25 anos.

A partir do 14º lugar, o mais novo dos irmãos Márquez não teve o melhor começo possível e perdeu logo uma posição.

“Depois, dois pilotos tocaram-se à minha frente, à chegada à curva5. Para evitar o contacto, o Taka (Nakagami) teve de travar diretamente à minha frente. Infelizmente, não pude evitá-lo e bati contra a sua roda traseira”, explicou Márquez. “Foi totalmente culpa minha, lamento muito pela equipa. Fizeram um óptimo trabalho e deram-me uma moto perfeita”.

A queda foi o quinto zero do espanhol na sua segunda época de MotoGP, e como consequência é atualmente 15º no Campeonato do Mundo após 13 corridas:

“Tenho agora de tentar esquecer o fim-de-semana o mais depressa possível, porque no geral não foi fácil para mim. Estamos ansiosos por Misano, onde iremos trabalhar ainda mais”.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x