MotoGP, 2021: A ânsia de Espargaró

Por a 27 Fevereiro 2021 17:00

Devido à proibição geral de testes, o estreante da Honda Pol Espargaró só pode treinar na Catalunha com uma Honda de estrada, mas conseguiu familiarizar-se com a nova curva 10 e habituar-se às novas cores de equipa

“Estou curioso para testar a Honda de MotoGP ” Pol Espargaró

Em três anos, Pol Espargaró conquistou a sexta posição do Campeonato do Mundo na Yamaha Tech3 e terminou em quinto lugar no Campeonato do Mundo de Pilotos da KTM Red Bull no quarto ano de 2020, conquistando duas pole positions e cinco lugares no pódio, sempre em terceiro.

Nos próximos dois anos, tem contrato na Honda Repsol para andar na RC213V da fábrica ao lado de Marc Márquez, que só conhecerá a 6 de março no Qatar, devido ao cancelamento do teste de Sepang.

Na semana passada, o espanhol de 29 anos fez as suas rondas no circuito Barcelona-Catalunha. Devido à proibição de testes no defeso, no entanto, teve de se contentar com uma CBR1000RR Fireblade.

A sua impressão da curva 10 convertida foi muito boa, como ele explica:

“Pilotamos nesta pista há muitos anos, e quando competimos aqui, esta curva era muito diferente de todas as outras no mundo. Agora parece um pouco melhor, a modificação restaurou um pouco do que foi perdido devido à última reconstrução. Esta zona combina melhor com as motos do que com os carros de corrida.”

“Acho que esta conversão é boa para os pilotos que usam muita velocidade em curva e para motos que permitem muita velocidade em curva. Este é um curva muito rápida, e eu tendo a travar muito tarde e abrandar a máquina no meio da curva. De qualquer forma, em junho no Grande Prémio vai-se descobrir.”

“Espero que a Honda se vá dar bem aqui. Temos muitas maneiras de adequar a moto, mesmo que não seja boa para mim e para a Honda no início, podemos fazer uma grande diferença com o estilo de condução, a nossa técnica e as mudanças mecânicas na configuração. Não vai ser nada de mais.”

“Ainda tenho que me habituar que agora faço parte da equipa da Repsol. É um pouco incomum ver-me nestas cores, mas gradualmente sinto-se mais confortável com este vestuário e por poder competir no teste do Qatar nestas cores”

“O interesse na apresentação da equipa foi impressionante, claro que sim, mas quando estás nesta equipa, significa que és um corredor rápido e os media têm muito interesse em ti. Vou habituar-me, mas essa é uma das tarefas mais difíceis com que tenho de lidar!”

“A primeira experiência com as motos Honda foi muito agradável. O tempo estava excelente, por isso foi muito divertido. Mas a diferença para a moto de MotoGP é grande. É por isso que estou particularmente ansioso para o primeiro teste de MotoGP em Losail. Estou curioso para saber qual será a grande diferença entre as motas de estrada e a moto de corrida.”

“É difícil avaliar o que esperar no Qatar. Estou ansioso para andar na Honda. Sempre sonhei com este momento. Sinto que me vou dar bem com a Honda Repsol. Infelizmente, tenho que esperar mais uns dias, e vão ser longos…”

3 2 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x