MotoGP, 2020, Teruel: Cecchinello (LCR Honda): “Nakagami surpreendeu-nos a todos”

Por a 23 Outubro 2020 16:52

O manager da equipa LCR entre a renovação de Nakagami, a evolução do japonês nesta temporada e as metas para 2021.

A temporada 2020 tem sido bastante positiva para a equipa LCR Honda, graças a um Takaaki Nakagami em grande forma. O japonês, quinto na classificação, pode potencialmente chegar a Portimão e jogar suas cartas pelo título com outros quatro pilotos ao seu redor.

Na quinta-feira, Lucio Cecchinello respondeu a várias perguntas sobre a presente temporada, começando pela notícia da renovação de Nakagami.

“Renovação é uma boa notícia. Obviamente era previsível, mas é sempre bom ter confirmação. O contrato que Nakagami assinou, como ele mesmo especificou, é um contrato de dois anos que prevê opções de continuidade. O plano da HRC para dar continuidade a Nakagami é um projeto abrangente. Estamos envolvidos para 2021 com certeza e com toda a probabilidade também para os anos que virão”.

Pode nos contar um pouco sobre o crescimento do Taka nesta temporada?

“Acho que surpreendeu a todos, porque ele deu um salto este ano. Se olharmos para os resultados de sua estreia, no ano seguinte e este é o seu terceiro ano na MotoGP (entrou em 2018), ele às vezes estava fora da zona de pontos, então ele constantemente entrou na zona de pontos a lutar pelo top 10, e agora é o quinto na classificação. Ninguém esperava que fosse tão competitivo este ano.”

A Honda, com a ausência de Márquez, apoiou-o mais…

“Na verdade, sabíamos que Taka poderia chegar ao top 6-7, não esperávamos o top 4-5, que ele poderia lutar pelo pódio e até mesmo pela vitória na Áustria. Ele teve uma ajuda mais importante da HRC do que nos outros anos, isso é importante porque a ausência de Marc Marquez libertou certos recursos humanos, como o diretor técnico Koyama, que está sempre do lado de Nakagami neste último período. Toda essa ajuda permitiu que Taka desse um passo importante.”

O que Nakagami espera fazer nestas últimas quatro corridas em 2021, e quando terá Alex Marquez ao seu lado?

“Eu acho que Taka está ciente de que matematicamente ele pode ganhar o título e, portanto, não vai largar o osso até ao fim. Mas também é verdade, realisticamente falando, que candidatos ao título como Mir, Quartararo e Vinales são muito fortes, provavelmente um pouco menos constantes até agora, mas eles são muito fortes. Acho que o objetivo realista do Taka, que discutimos, seria terminar entre os quatro primeiros do campeonato, seria um excelente resultado. Mas também é verdade que Dovizioso não vai desistir e Morbidelli está nos seus calcanhares”.

“Este é um ano muito especial em que tudo pode acontecer e, paradoxalmente, Taka também pode fazer uma surpresa. É difícil para Taka conseguir tal resultado (n.d.r.: ser campeão), mas lutar de forma digna para ficar entre os quatro primeiros do Campeonato do Mundo seria tanto tão bom para ele como para nós.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x