MotoGP, 2020, Le Mans: O desafio das Suzuki

Por a 6 Outubro 2020 15:30

Joan Mir, o mais consistente marcador nas últimas corrida, pode ser a maior ameaça a Quartararo… e Rins quer voltar aos pódios.

Quartararo leva vantagem ao chegar a Le Mans no topo da tabela… Mas Joan Mir da Suzuki Ecstar será o primeiro a tentar ficar no seu caminho.

Incrivelmente, apesar do título de Moto3, da sua boa exibição como rookie o ano passado e da boa prestação este ano, que o confirma em segundo, após ter tido pódios mais consistentes do que qualquer outro este ano, Mir ainda está por ganhar uma corrida em MotoGP.

Para mais, o piloto de Palma de Maiorca diz que não ficará totalmente focado no título como alvo principal até conseguir ganhar a sua primeira corrida.

É uma declaração clara de intenções do piloto da Suzuki, e se ele mostrar a mesma forma que vimos até agora, é de esperar que em Le Mans esteja na luta pela frente.

Com um pouco menos de trabalho a fazer se partir de uma posição de grelha mais alta, ou apenas melhor sorte na confusão da Curva 1, Mir poderia facilmente já ter sido um vencedor… e o herói da casa contra a dama de honor com sede de vitórias poderá dar um grande confronto este domingo.

Alex Rins, por seu lado, também espera manter a sua forma a rolar, pois passou mais de um ano desde a sua vitória em Silverstone e a última vez que tinha subido ao pódio, e agora a sua impressionante retomada pelo campo em Barcelona, de fora do Top 10 para 3º, deu à Suzuki o seu primeiro duplo pódio desde 2007.

A fábrica de Hamamatsu também já ganhou uma corrida de MotoGP em Le Mans no molhado… nesse mesmo 2007, pelo que a histpara ﷽﷽﷽﷽﷽, Hervespectadores lá.”_____________________________________________________________ória poderá repetir-se.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x