MotoE: Início do campeonato em causa

Por a 14 Março 2019 12:01

Se no automobilismo o dia de hoje começou com o inesperado desaparecimento de Charlie Whiting, nas duas rodas o dia nasceu com o incêndio que deflagrou, na última madrugada, no paddock do circuito de Jerez-Ángel Nieto.

Chamas essas que destruíram o local onde pernoitavam as motos de MotoE, que estavam na pista andaluz para testes oficiais, bem como outro material respeitante a esta nova competição. Felizmente ninguém ficou ferido, ao contrário do que muito provavelmente teria sucedido se tivéssemos num fim de semana de Grande Prémio, mas os prejuízos estão aí.

E numa fase muito delicada, pois estamos a menos de dois meses do início da nova competição destinada às motos eléctricas. Esta tragédia que se abateu sobre a pista andaluz obrigará a Energica, construtor associado a este campeonato, a ter de construir novas motos, algo que naturalmente demorará o seu tempo. Uma situação que muito provavelmente obrigará ao adiamento do arranque desta nova série e consequente reformulação do calendário, que conta com cinco jornadas para esta temporada inaugural.

Um rude golpe para pilotos e equipas, que mobilizaram esforços para esta nova experiência, mas também para os muitos técnicos envolvidos neste novo projecto e que no último meio ano estiveram dia e noite a preparar um momento histórico no mundo do motociclismo. Tudo agora levará o seu tempo, mas tal como a lenda da Fénix também o MotoE renascerá das cinzas e irá marcar, a seu tempo, uma viragem na competição das duas rodas.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png