Moto2, Aragão, Corrida: Vitória dominante de Pedro Acosta

Por a 18 Setembro 2022 12:14

Pedro Acosta foi o vencedor da corrida de Moto 2 no Grande Prémio de Aragão, terminando com mais de três segundos de vantagem sobre Aron Canet e Augusto Fernandez, que mantém a liderança do campeonato com 7 pontos de vantagem sobre o japonês Ai Ogura, quarto no final.  

Com o líder do mundial Augusto Fernandez a partir de P1 na grelha, acompanhado na primeira linha por Albert Arenas e Jake Dixon, e nomes como Alonso Lopez, Aron Canet, Pedro Acosta e Ai Ogura – segundo na tabela do campeonato,a apenas 4 pontos de Fernandez – nas duas filas restantes, antevia-se uma prova emocionante. 

Já com o céu azul e o sol a despontar forte no Motorland de Aragão, a corrida de 21 voltas iniciou-se com Augusto Fernandez a liderar na frente de Dixon, Canet e Acosta. Alonso Lopez cai então na curva 2 e Marcel Schrotter uns metros mais à frente vai também  ao solo. Ai Ogura vem na sexta posição, e mais bandeiras amarelas para as quedas de Albert Arenas, que vai em frente na curva 12 destruindo a jante traseira da Kalex; Alcoba e Manuel Gonzales também se tocam e abandonam no mesmo local.

Pedro Acosta sobe então ao segundo lugar na frente de Canet e Arbolino, com o britânico Dixon a descer a quinto ficando sobe a pressão de Ogura. Na frente, Augusto Fernandez começa então a perder a vantagem adquirida sobre Acosta que vem em modo de ataque com Canet colado à sua Red Bull KTM Ajo. Cai então Zonta Van den Goorbergh, enquanto Acosta começa a derreter a vantagem entretanto adquirida por Fernandez, mas comete um erro, alarga a trajetória e perde a segunda posição para Aron Canet. A vantagem do líder diminui para meio segundo, Augusto Fernandez tem de se começar a preocupar.

A 12 voltas da bandeira de xadrês, Pedro Acosta recupera então o segundo lugar e um trio forma-se à procura do triunfo: Fernandez, Acosta e Canet. Uma volta depois Acosta assume o primeiro lugar e parte à procura da sua segunda vitória na Moto2. Tony Arbolino também surpreende Canet e sob a terceiro. Mais atrás Ogura não descola da sexta posição, ‘travado’ por Dixon à sua frente. Canet mete pressão em Arbolino e consegue recuperar o lugar de pódio que tinha perdido para o italiano.

A 9 voltas do final, temos então um quarteto na frente,  Acosta, Fernandez, Canet, Arbolino, seguido a mais de um segundo por Dixon e Ogura que vêm num duelo particular a alternar posições de forma constante, com o japonês a subir a quinto a 7 voltas do fim. Fermin Aldeguer, sétimo, Chantra, Navarro, Roberts e Dalla Porta fecham o top-10 nesta altura.

Na entrada para as últimas 5 voltas, Pedro Acosta já vem isolado no comando com quase dois segundos de vantagem sobre Augusto Fernandez e Aron Canet. O triunfo parece então perfeitamente ao alcance do piloto de Murcia, campeão de Moto3 em 2021. Por definir está a P2 com Canet a tentar agarrar a aspiração de Fernandez. A 3 voltas do final, Canet entra por dentro no ‘saca rolhas’ surpreendendo Fernandez. Mais atrás Ogura vem colado a Arbolino e acaba por subir ao quarto lugar. Neste momento, e com Fernandez na terceira posição, 7 pontos ficam a separ os dois no campeonato.

Pedro Acosta entra na última volta com mais de três segundos de vantagem sobre Canet e Fernandez para conseguir a sua segunda vitória em 2022. Ogura confirma o quarto lugar na linha de meta, na frente de Arbolino e Jake Dixon cai no correr do pano da corrida.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x