Moto2, 2021: Baldassarri estreou-se na MV Agusta em Jerez

Por a 2 Dezembro 2020 16:30

No teste privado de Jerez, Lorenzo Baldassarri andou pela primeira vez na MV Agusta F2

“Não tive de começar do zero”

Em 2018, Lorenzo Baldassarri (acima na Flexbox) foi considerado um promissor candidato ao título depois de cinco pódios e uma vitória em Jerez na equipa Pons para 2019.

O Italiano cumpriu inicialmente esse papel quando venceu três das quatro primeiras corridas.

Mas o resto da temporada foi dececionante, com o jovem de 24 anos a terminar em sétimo lugar sem mais nenhum pódio. Depois de “Balda” só poder brilhar com o segundo lugar no Qatar esta temporada e terminar o Mundial apenas em 12º lugar, Sito Pons decidiu seguir caminhos separados para 2021.

Na sua oitava temporada de Moto2, Baldassarri regressa à equipa principal pela qual competiu na classe Moto2 de 2015 a 2017.

Juntamente com outros doze pilotos, aproveitou a oportunidade para fazer as primeiras voltas na sua MV Agusta F2 em Jerez antes das férias de inverno.

Mas muita coisa mudou na equipa desde a sua partida em 2017.

“O regresso foi estranho, porque tudo mudou nestes três anos. Trabalhei com outras pessoas, só que o chefe Giovanni Cuzari é o mesmo. Mas sinto a energia positiva da equipa, o que me motiva muito”, disse Balda.

O 5 vezes vencedor em Moto2 achou a troca da Kalex para a MV Agusta com o quadro em treliça de aço surpreendentemente fácil.

“Depois de dois dias na nova moto, devo dizer que a sensação é boa apesar da posição diferente. Quando comecei na F2, pensei que tinha de começar do zero, mas não foi esse o caso. No limite, ela reage com precisão, gosto da configuração e diverti-me muito na pista, mesmo que as condições meteorológicas não fossem as ideais”, diz da sua primeira impressão.

Mas Balda também sabe que a MV Agusta não é a moto mais fácil do plantel.

“O pico em que se encontra a configuração certa para andar rápido é muito estreito. No segundo dia de testes ainda havia alguns pontos húmidos na pista, e  queria pressionar para testar o limite. Apanhei um ponto molhado no último sector e caí.”´

Baldassarri terminou o teste de Jerez no quinto lugar, a cinco décimos de segundo de Marcos Ramirez (American Racing).

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x