Moto2, 2020, Portimão, corrida: Jorge Viegas entrega prémios aos Campeões

Por a 24 Novembro 2020 13:30

Logo após a conclusão das corridas em Portimão, numa cerimónia com audiência limitada devido às restrições do Covid, foram entregues os prémios dos campeonatos

“Para o ano espero que seja mais normal, mas com a mesma excitação!”

As medalhas foram entregues a cada piloto por Jorge Viegas, Presidente da FIM, e a cerimónia começou com os homens das Moto3, Arenas, Arbolino e Ogura, com Ogura a ter o título de Rookie do ano.


Seguiram-se as Moto 2 com Lowes, Marini e Bastianini Campeão, e claro, tudo terminou com a classe rainha de MotoGP, com Alex Rins terceiro, Franco Morbidelli segundo, e claro, Joan Mir o Campeão Mundial pela Suzuki.

Jorge Viegas concluiu a cerimónia dizendo algumas palavras, começando por se libertar da incómoda máscara e luvas que tinha usado para a cerimónia e declarando:
“No começo da época, tivemos que fazer uma decisão dura, se ia haver ou não corrida no Qatar e acabámos por decidir que só iam correr as equipas que já lá estavam, de Moto3 e Moto2.”

Lembro-me que no final da corrida, ninguém queria subir ao pódio, e celebrar,  com a situação em Itália os italianos tinham medo de celebrar, as equipas tinham medo de parecer que estavam a celebrar com as más notícias que vinham de casa!”

“Depois, fomos para casa, ficámos em casa, estivemos confinados, mas devido a este incrível família das corridas de moto, conseguimos regressar, conseguimos fazer 14 corridas, como viram, e o sucesso foi total!”

“Obviamente não tivemos espectadores, mas os fãs estiveram lá, estiveram a seguir-nos e eu tenho a certeza que isto será cada vez mais, o melhor desporto motorizado do mundo, porque estamos juntos!”

“Tenho que dar um grande obrigado à Dorna, ao meu amigo, e posso chamá-lo amigo, Carmelo Ezpeleta, mas também à FIM, à IRTA, a toda a gente que está nos bastidores a assegurar o sucesso desta fórmula.”

“Só podemos ter ainda mais sucesso no futuro, para o ano que vem espero que seja mais normal, mas por favor, que venha a mesma excitação, a mesma incerteza!”

“Ninguém podia apostar num vencedor, ninguém podia apostar num piloto ou outro em particular, e isto foi a essência do nosso desporto este ano…”

“Se continuarmos assim, só podemos crescer ainda mais, ter ainda mais sucesso.”

“Obrigado, obrigado a todos!”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x