Emoção ao rubro no topo do Moto2

Por a 13 Julho 2016 10:52

Numa fase em que o Mundial de MotoGP caminha para a conclusão da sua primeira metade é a categoria de Moto2 quem apresenta um maior equilíbrio. Nos oito Grandes Prémios já realizados, existiram cinco vencedores diferentes e os três primeiros do campeonato chegam à nona prova do ano, o  GP da Alemanha, separados por apenas cinco pontos.

No topo da tabela está o atual campeão do Mundo, Johann Zarco. O piloto francês venceu duas das últimas três provas e tem demonstrado uma grande maturidade sabendo sempre em que momento pode desferir o ataque final. Junto  a Zarco, está Álex Rins. O piloto da Pons Racing, que na próxima época vai representar a Suzuki em MotoGP,  continua a mostrar toda sua rapidez, apesar de nas últimas três provas ter sido superado por Zarco. O piloto espanhol não vence desde o Grande Prémio de França e quererá terminar da melhor forma a primeira metade da época, numa pista onde já conheceu o sabor da vitória então em 2013 na categoria de Moto3.

O impetuoso Sam Lowes ocupa o terceiro lugar do Mundial. O piloto britânico tem sido muito rápido em qualificação, onde já somou três poles, no entanto corrida tarda em apresentar uma maior regularidade, nomeadamente nas últimas corridas. Contudo o piloto da Gresini está bem dentro da luta pelo título.  Outros nomes a reter para o Grande Prémio da Alemanha são os de Thomas Lüthi e Takaaki Nakagami. O primeiro perdeu a hipótese de concluir no pódio o GP da Holanda devido a uma queda na fase em que começou a chover, pelo que deseja emendar esta situação. Quanto a Nakagami aparece em Sachsenring com a motivação em alta, depois de ter alcançado a sua primeira vitória no Mundial em Assen.

Expectativa também para ver se Jonas Folger se encontra com os bons resultados. O piloto alemão vai jogar em casa e certamente que não pretende desiludir os muitos adeptos presentes no traçado germânico. Folger tem sido bastante irregular esta época para o qual muito tem contribuído as muitas quedas sofridas ao longo dos fins de semana de um piloto que na próxima época vai subir ao MotoGP, onde vai defender as cores da Tech 3.

Já Miguel Oliveira espera continuar no GP da Alemanha a sua curva de aprendizagem em Moto2. O piloto da Leopard Racing tem demonstrado a cada Grande Prémio que está cada vez mais adaptado a esta categoria. O piloto luso tem batido sistematicamente o seu companheiro de equipa, Danny Kent, e chega a Sachsenring – local onde o ano passado fraturou a mão esquerda – como o melhor estreante do campeonato.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x