MotoGP – Miguel Oliveira: “Ser campeão do mundo está nos meus planos”

Por a 13 Dezembro 2018 21:23

Foi no Lounge do Casino Estoril que, esta tarde, Miguel Oliveira fez o balanço da temporada de 2018, que terminou com o vice-campeonato de Moto2, e projectou o futuro, que será marcado pela estreia em MotoGP, onde defenderá as cores da KTM Tech 3.

Apesar de estar ainda a dar os primeiros passos na classe rainha, tem apenas quatro dias de testes oficiais, Miguel Oliveira sabe bem aquilo que quer para o futuro. “O objetivo de ser campeão do mundo obviamente que está nos meus planos. Porém é preciso entender a minha circunstância para a temporada de 2019. Vou pilotar uma moto que foi pensada para estar entre o 10.º e o 15.º lugares, mas esta etapa vai ajudar-me muito para que, quando a moto estiver a um nível alto, possa lutar pelo título de campeão do mundo de MotoGP. Quero que tal suceda o quanto antes”, disse o piloto luso.

“Tenho todas as armas para poder lutar pelo título mundial. Trabalho pelo meu sonho, pelo meu objetivo e vou acreditar sempre até ao fim”, completou Oliveira.

Para já é tempo de adaptação a uma nova realidade. “Tenho de me readaptar a tudo e ‘voltar à escola’ para aprender como se anda numa moto daquelas. Em comparação com o Moto2 as principais diferenças estão na potência de aceleração e travagem, a eletrónica e as trajetórias. As coisas passam-se a uma velocidade muito maior. O estilo de pilotagem é muito diferente daquele que é verificado em Moto2”, finalizou o primeiro piloto português a vencer Grandes Prémios no Mundial de MotoGP.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png