MotoGP,2020: Meregalli, team manager da Yamaha, acredita que Valentino Rossi continuará

Por a 18 Maio 2020 15:30

O mundo inteiro interroga-se se Valentino Rossi estará na grelha de MotoGP depois de 2020. O team manager da Yamaha, Massimo Meregalli, acredita que o nove vezes campeão do mundo vai continuar e explica porquê.

Os fãs de Rossi certamente gostarão de ouvir isso: o Team Manager da Yamaha, tem a certeza de que o “Dottore” continuará a competir na classe rainha do Campeonato do Mundo no próximo ano, embora não para a equipa de fábrica japonesa.

A partir de 2021, esta será baseada em redor da jovem dupla Maverick Viñales e Fabio Quartararo. Rossi terá de competir, com o apoio da fábrica, mas transitando para a equipa Yamaha Petronas.

“Há muita especulação sobre o seu futuro, mas Valentino ainda não decidiu se quer continuar ou desistir”, explicou Meregalli e deixou bem claro: “No que diz respeito à tecnologia, ele pode obter a mesma moto de fábrica da Yamaha que usamos na equipa oficial.”

O italiano sabe que o nove vezes campeão do mundo é também uma mais-valia em termos de desenvolvimento das motos: “Como vimos no ano passado, é importante que todas as motos sejam iguais, porque isso permite-nos trabalhar mais rápido durante os fins de semana de corrida. Em seguida, poderemos comparar os dados dos pilotos e estou certo de que seremos capazes de aproveitar ao máximo a experiência do Valentino.”

Assim, espera-se que a superestrela de 41 anos não se retire depois de 2020. Meregalli acredita que Rossi vai continuar. “Conheço-o bem e acho que vai continuar, mas só ele sabe se o fará. Ele ainda sente o mesmo forte desejo de correr e assim que foi permitido, retomou o seu treino no rancho.”

“Ele também tentou ir à Áustria ao Red Bull Ring para dar umas voltas. Os quatro pilotos da Yamaha foram convidados, mas teriam de ser colocados em quarentena tanto em Itália como em Andorra no seu regresso, por isso não aproveitámos essa oportunidade”, acrescenta Meregalli, sublinhando: “A motivação de Valentino vem da sua paixão que continua em alta”.

0 0 vote
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
TDNM
TDNM
5 meses atrás

A Yamaha está a arriscar-se a ver o Rossi numa Suzuki (principalmente) ou numa Aprilia, caso as melhorias sejam tão grandes quanto pareceu nos testes de inverno.
O Rossi já disse que não faria sentido mudar de mota com esta idade mas a Suzuki é muito idêntica à Yamaha.
Motor em linha, mota ágil, grande velocidade em curva, o maior ponto franco é talvez a aceleração e velocidade de ponta, embora as coisas já estejam menos desiquilibradas.
Vão perder sempre 7-10 km/h para as Ducatis mas se tiverem boa electrónica para meterem potência no chão cedo, com a velocidade muito superior em curva, as Ducati só na molhada ou em dias MT bons é que fazem dessa velocidade de ponta um verdadeiro trunfo. De resto só isso não chega.
A Aprilia é uma incógnita e é uma mota V4 que tem tudo de bom excepto serem uns cavalos bravos, que sem electrónica não se conduz. Veja-se a Honda.
Só o Márquez e as vezes o crutchlow é que tiram alguma coisa daquilo.
Não há lugares livres na grelha mas a Ducati com os modelos antigos é uma presa fácil caso apareça alguém a acenar com motas de fábrica.
A Suzuki quer muito ums segunda equipa e os lugares da avintia estão lá…o Zarco tem um mas o outro é só para encher a grelha.
A Aprilia tem o Iannone fora por castigo.
O Rossi já não é nem voltará a ser o piloto mais rápido do MotoGP. Mas ainda sabe o que é preciso para uma mota campeã, não se deixa iludir por um dia bom. É MT crítico e sabe MT bem aquilo que é preciso para ganhar. Se a Yamaha o perder agora por causa de serem toscos, podem retroceder novamente. Dois galos no mesmo poleiro, cada um a puxar pro seu lado e a mota n anda pra lado nenhum. Já a Suzuki, é uma marca mortinha por meter as mãos num rato como o Rossi. É o que lhes falta para o último degrau. Já fazem poles, já acompanham, já ganham. Só lhes falta conseguirem ter regularidade em todos os circuitos e mais experiência para não passarem de uma vitória
num domingo,para um 12° lugar e um abandono no fim de semana seguinte. (Só um exemplo hipotético)
Vamos ver…
Abraço.

Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x