MotoGP, Teste Qatar: Oliveira em 16º admitiu dia problemático

Por a 22 Fevereiro 2020 18:45

Apesar de ter acabado em 18º, mas apenas a 1,275s do tempo mais rápido, Miguel confessou que o primeiro dia do Teste do Qatar não foi isento de problemas, quando declarou:

“Bem, o dia foi um pouco complicado, para ser honesto, faltou-nos velocidade e também um pouco de ritmo… Não conseguimos sequer aproveitar a aderência dum pneu novo, estamos com algumas dificuldades em encontrar tração no pneu traseiro mas já temos algumas ideias para testar amanhã para melhorar este aspeto.”

“Portanto, otimista quanto ao dia de amanhã, temos de melhorar, sem dúvida, o nosso ritmo e a nossa velocidade…”

A KTM RC16, que Miguel considerou muito melhorada este ano, deu-lhe um melhor tempo de 1:55.737, justamente na última de 42 voltas ao traçado, um longo dia que perfaz praticamente a distância de 2 corridas, de 22 voltas aqui em Losail.

Miguel continuou, explicando:

“A performance por volta neste momento é importante, a duas semanas de começar o Campeonato…”

“O meu ombro de facto está muito melhor do que esteve em Sepang, este circuito também é um circuito muito mais amigável para o ombro.”

“Há apenas dois pontos em que tenho alguma dor, nas travagens fortes… De resto, muito contente com o meu estado físico e muito otimista em relação ao fim de semana de Grande Prémio, julgo que não trará problemas de maior ao fim do treino…”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png