MotoGP: Joan Mir ausente do GP de Inglaterra

Por a 20 Agosto 2019 10:45

Joan Mir não participará do próximo GP da Grã-Bretanha, no circuito de Silverstone. O piloto espanhol sofreu um aparatoso acidente no último teste em Brno, que mais tarde se descobriu ter sido provocado por uma falha técnica na Suzuki, e o obrigou a falhar o GP da Áustria e a ter um período de duas semanas de recuperação.

A sua presença na Inglaterra foi agora também descartada, pois Mir ainda não está recuperado  a 100% da contusão pulmonar que sofreu, além de se queixar de uma sensação de fraqueza geral devido à falta de treino desde o acidente.

A decisão foi tomada pela equipa do Hospital Universitário Dexeus, em Barcelona, liderada pelo Dr. Angel Charte (Director Médico do Campeonato do Mundo de MotoGP) e pela Equipa Suzuki Ecstar após uma série de exames radiológicos no hospital.

O teste foi positivo e a saúde geral considerada muito boa, mas os médicos, por precaução, aconselharam o piloto, ainda em fase de recuperação, a recomeçar a treinar a regressar mais tarde para o próximo Grand Prix em melhor condição física.

Após uma avaliação da situação física de Mir, o Dr. Angel Charte disse: “Fizemos um bom trabalho, mas pensamos que a melhor coisa é que ele ainda não regresse, e primeiro recupere a 100% ”.

“A partir de agora, ele retornará à sua atividade normal em casa, onde poderá começar a reabilitação ativa. Agora ele deve recuperar a capacidade e fortalecer a sua condição geral depois de várias semanas de inatividade. Para fazer isso, ele pode começar a andar, correr, fazer alguns exercícios nas montanhas e andar de moto com moderação ”, acrescenta o médico.

Davide Brivio: “É uma grande pena que Joan tenha que perder a corrida de Silverstone também, mas achamos que é muito importante que ele recupere totalmente e volte a ficar 100% apto. Depois de termos conversado com o médico após os testes, tomámos a decisão juntos de que perderemos o Grande Prêmio da Grã-Bretanha e, em vez disso, voltaremos à moto na próxima semana. O teste de Misano será uma grande oportunidade para ele verificar a sua condição física e voltar à moto de uma forma calma para recuperar a sensação com a MotoGP”.

“ Este teste também será uma oportunidade de ouro para se preparar para o próximo GP, e esperamos que, para o fim-de-semana da corrida de Misano, tenhamos o Joan a 100% e pronto para recomeçar a sua temporada. “

Joan Mir: “Afinal, não vou poder estar em Silverstone para a corrida seguinte e é uma pena, mas é assim que as coisas são, e a primeira prioridade tem que ser a minha saúde. Depois do acidente, passei várias semanas, primeiro no hospital e depois em casa. Ainda não estou 100%, por isso os médicos determinaram que é melhor continuar com a minha reabilitação. Vou começar a treinar mais para poder chegar à próxima corrida em melhor forma física e não ter que correr muitos riscos. Eu gostaria de agradacer a todos e ao apoio da Suzuki. Até breve!”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png