MotoGP: Brno vai exigir o máximo dos pneus

Por a 30 Julho 2019 15:30

A Michelin e o MotoGP regressam à ação depois da pausa de Verão a meio da temporada e à frente está o Grande Prémio da República Checa no Automotodrom Brno.

É uma pista que constitui um teste severo para homem, máquina e pneus, uma vez que Brno apresenta alterações constantes de elevação, zonas de travagem difícil, curvas rápidas e áreas de aceleração violenta.

Com estes fatores em mente, os slicks Michelin dianteiros macios, médios e duros terão um design simétrico, enquanto as borrachas traseiras terão um acabamento assimétrico, com um lado mais duro à direita para lidar com as oito curvas que vão nessa direção.

Apesar de ser realizado em Agosto, Brno não raro surpreende com um pouco de chuva. Ambas as corridas de 2016 e 2017 foram declaradas molhadas e, como de costume, a Michelin traz os seus pneus Power Rain para a pista no caso de termos algum tempo mais húmido.

Disponíveis em compostos macios e médios, os pneus traseiros apresentarão um lado mais duro do lado direito do pneu, o mesmo que veremos com os slicks.

Piero Taramasso, Gerente de duas rodas da Michelin Motorsport: “É sempre bom fazer uma pausa, mas é ainda melhor voltar às corridas. Brno é um grande teste para os pneus, é bastante complexo e apresenta uma grande mudança na elevação da parte mais baixa da pista para a mais alta.

O traçado tem muitas seções exigentes que exigem que os pneus trabalhem de muitas maneiras diferentes, travagens violentas, aceleração difícil e uma variedade de diferentes curvas que dão níveis variados de carga ao lado do pneu. Temos uma gama de slicks que sabemos que funcionará bem aqui e o desempenho adicional dos compostos que introduzimos este ano será ideal para esta pista. Esperamos as melhores condições meteorológicas, mas se chover, sabemos que os pneus de chuva vão muito bem aqui, por isso esperamos uma boa corrida, independentemente do que aconteça. ”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png