MotoGP, Austrália: Lecuona na KTM Red Bull em 2020

Por a 22 Outubro 2019 15:00

Quando a KTM anunciou a sua saída da Moto2 no final desta temporada, as esperanças de Iker Lecuona de pilotar uma máquina austríaca de fábrica em 2020 pareciam ter acabado.

O Espanhol, na foto após assinar com a KTM para substituir Brad Binder (que ingressa na equipa Tech3 de MotoGP ao lado de Miguel Oliveira) na Red Bull Ajo no próximo ano, parecia pronto para competir com qualquer chassis alternativo de Moto2 (provavelmente Kalex) que a equipa de Aki Ajo passasse a utilizar.

No entanto, confirma-se agora que Lecuona não só estará na KTM de fábrica na próxima temporada, mas também estará no MotoGP, pois o jovem de 19 anos foi escolhido para andar ao lado de Pol Espargaró na moto deixada por Johann Zarco.

Depois de oferecer o lugar a Jack Miller e demonstrar interesse em Remy Gardner, a KTM falou em ter bons pilotos já contratados para substituir Zarco.

Isso naturalmente colocou os holofotes nos pilotos de teste de MotoGP Dani Pedrosa (que recusou) e Mika Kallio – que foi contratado para terminar a temporada no lugar do francês, que fará a sua estreia na Honda LCR na Austrália este fim-de-semana – além dos pilotos da Tech3 Miguel Oliveira e Binder.

No entanto, Lecuona, que apesar da tenra idade, está competindo na terceira temporada completa de Moto2, também está nos livros da KTM através do acordo com a Ajo.

O adolescente subiu ao pódio pela primeira vez no molhado em Valência no ano passado e outra vez na Tailândia este ano, onde lutou com o altamente cotado Binder até a bandeira, apesar de usar uma KTM cliente da American KTM Racing.

Lecuona, que também impressionou a fábrica quando foi convocado para substituir o lesionado Jorge Martin, no teste do Valencia Moto2 do ano passado, é atualmente décimo primeiro no campeonato mundial.

Kallio, nomeado pela KTM como o candidato com a ‘maior chance’ de substituir Zarco em 2020, marcou os seus primeiros pontos do ano com o 14º lugar no MotoGP japonês de domingo, mas batido pelo rookie português em 12º.

Pensa-se que a KTM esteja procurando um contrato de um ano para a substituição de Zarco, já que todos os principais pilotos de MotoGP estão sem contrato em 2021.

Com Lecuona confirmado no MotoGP, Aki Ajo vai precisar de encontrar um novo piloto para se juntar a Martin, que conquistou o primeiro pódio da temporada de Moto2 em Motegi.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png