MotoGP, Teruel: Duelo imprevisível a 4 provas da final

Por a 20 Outubro 2020 13:00

Faltam quatro fins de semana de corridas de MotoGP para o campeonato acabar em Portimão, depois da mais louca das temporadas, e prever um vencedor continua a ser tarefa espinhosa

Em contraste com a previsível ‘batalha’ do campeonato de Fórmula 1, o duelo para a coroa de MotoGP sem Marc Márquez, tem sido como um pêndulo descontrolado que tem balançado em muitas direções!

Quartararo foi o primeiro líder, depois Dovizioso, sem saber bem como, a seguir Viñales que a dada altura, parecia o candidato provável à chegada à primeira de uma série de provas na sua Espanha nativa, e agora Joan Mir, da Suzuki Ecstar, mesmo sem nunca ter vencido uma corrida de MotoGP, saltou para a frente em Aragón no domingo, embora o piloto na pole, Fabio Quartararo, parecesse pronto a estender a vantagem na sua Yamaha…

Porém, depois, a temperatura excessiva dos pneus dianteiros pesou na balança e o Francês caiu mesmo para fora dos pontos. Imaginem isso a acontecer ao Lewis Hamilton…

Enquanto o colega de equipa de Mir, Alex Rins, conseguiu uma bela vitória sobre um inspirado Alex Márquez, no pódio novamente para a Honda, a ágil Suzuki parece ser a mota bater, menos quando não é!

Com apenas 15 pontos a cobrir os quatro primeiros, em três marcas de moto, ninguém sabe quem vai prevalecer, mas era bom que o título de viesse a decidir em Portimão, o que parece cada vez mais provável!

4 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x