MotoGP, 2021, Misano 2, Corrida: Quartararo conquista o título em Misano, em vitória de Marquez

Por a 24 Outubro 2021 13:57

Tudo mudou de um segundo para o outro, com a vitória a ser entregue a Marc Marquez, após a queda de Francesco Bagnaia. O segundo lugar ficaria para Pol Espargaró e Enea Bastianini chegaria ao terceiro lugar, após a ultrapassagem a Fabio Quartararo a quem seria já entregue o título mundial.

Tal como se previa, a corrida deste domingo no circuito de Misano fez-se sem chuva e com um arranque frenético em direção à primeira curva. Jack Miller (Ducati Lenovo Team), que saiu da segunda posição, largou que nem uma bala rumo à liderança da corrida. O mesmo fez Miguel Oliveira (Red Bull KTM Factory Racing) que saltou do quinto lugar, diretamente para segundo.

Francesco “Pecco” Bagnaia (Ducati Lenovo Team), que seguia logo atrás do piloto português, acabaria por conseguir fazer a ultrapassagem, assim como Marc Marquez e  Pol Espargaró (Repsol Honda Team). Desta feita, Oliveira ficaria na quinta posição, juntamente com o piloto espanhol, à segunda volta de corrida.

Nesta altura, as duas Ducati tentavam ganhar vantagem, com Marc Marquez (Repsol Honda Team), sempre na sua sombra.  Miller seria ultrapassado pelo colega de equipa, permanecendo entre ele e o espanhol da Honda. Tudo mudaria à quarta volta, com o piloto australiano a perder a frente da sua moto e a sofrer uma queda, que o atirou para a gravilha.

A partir daí, Francesco Bagnaia e Marc Marquez foram-se afastando progressivamente, chegando a ter uma vantagem de quase oito segundos em relação a Pol Espargaró, que ocupava então o terceiro lugar. O espanhol também conseguiu ganhar vantagem em relação a Miguel Oliveira, deixando o português isolado na quarta posição.

Fabio Quartararo (Monster Energy Yamaha Team) foi recuperando posições ao logo de toda a corrida e, a cinco voltas do final já estava no quinto posto. Numa altura em que tudo parecia estar decidido, Bagnaia acabaria por sofrer uma queda quando seguia na liderança da corrida, entregando assim a vitória a Marc Marquez.

Com esta mudança súbita, Miguel Oliveira subiria ao terceiro lugar, mas por pouco tempo, pois viria também ele a sofrer uma queda. Todos estes acontecimentos inesperados nos últimos momentos da corrida, alteraria também o destino de Fabio Quartararo que, nessa altura, subia à terceira posição.

Pol Espargaró terminaria na segunda posição, depois de ter rodado isolado durante uma boa parte da corrida. O espanhol conquistou assim o seu primeiro pódio em MotoGP com as cores da Honda.

Fabio Quartararo seguia então na terceira posição, lugar esse que acabaria por lhe escapar já na última volta, quando surgiu Enea Bastianini (Avintia Esponsorama). O italiano conseguiu assim mais um pódio na categoria rainha.

Este golpe de teatro nas últimas voltas da corrida, entregaria a Quartararo o título mundial, quando já se pensava ser impossível que isso acontecesse. O francês cortou a meta no quarto lugar, mas todos os holofotes estavam sobre si, pois iria ser coroado campeão do mundo. O francês foi assim o primeiro piloto a conquistar o título mundial de MotoGP como as cores da Yamaha, após Jorge Lorenzo, em 2015.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x