MotoGP, 2021, Estíria: Pedrosa fala do seu regresso

Por a 6 Agosto 2021 18:00

Dani Pedrosa começou os treinos após uma ausência de quase três anos como se tivesse estado afastado apenas umas semanas e falou da experiência


O piloto que agora testa para a KTM, terminou o primeiro treino em 11º, a cerca de 1 segundo do tempo de referência de Nakagami mas à frente de pilotos como Bagnaia, Márquez, Rossi ou Petrucci.
“Confesso que esta manhã, antes de sair para o treino, tive uma sensação estranha no estômago, estava um bocadinho com arrepios e a pensar como iria ser, mas sim, assim que entrei, foi agradável estar de novo na pista.”

“Surpreendeu-me que achei tudo muito barulhento, foi uma surpresa para mim com todas as outras motos à volta, não sei porque é que não me lembrava de ser assim!”
“De resto tudo OK, é certo que tivemos um problema técnico com a primeira moto, que parou, e isso mudou um bocadinho os nossos planos porque tivemos que voltar e ir buscar a outra para continuar e terminar a sessão…”

“Quanto à tarde, com chuva, também foi bom testar um bocadinho no molhado para ver como era…”

“Há muito muito tempo que não andava no molhado, mas correu tudo bem depois destas duas sessões, acho que o TL3 amanhã vai ser uma loucura!”

“Normalmente já é, mas agora vai ser ainda mais, toda a gente a tentar ficar no top 10… vamos ver o que podemos fazer com algumas afinações e vamos fazer também que diferença fazem no TL4…”

“Tenho a certeza que vai ser muita adrenalina logo do começo, às vezes o TL3 é mais difícil do que a qualificação, e com os tempos todos tão próximos, é importante, vai ser muito importante fazer uma volta perfeita, explosiva!”

“Não sei se ainda tenho aquela capacidade de explodir numa volta de verdade, mas vamos ver como corre!”

5 2 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x