MotoGP, 2020, Teruel: Quartararo – “Não sinto pressão para vencer”

Por a 23 Outubro 2020 10:34

O francês da Petronas está em busca de redenção após o revés do último domingo, “O último fim de semana foi de altos e baixos, mas encontramos algo útil para este fim de semana”, disse.

Fabio Quartararo tem um enorme desejo de se reerguer após a 18ª posição na corrida do último domingo que o fez perder a posição de líder do campeonato do mundo de MotoGP para Joan Mir. O francês da Yamaha Petronas French está disposto a jogar todas as suas cartas nesta segunda prova em Aragão para voltar ao topo do mundial com 4 corridas ainda a serem disputadas.

Quartararo apareceu na tradicional conferência de imprensa de quinta-feira no segundo lugar do mundial, após o revés da última corrida que o atrasou na corrida ao título. “No último fim de semana foram altos e baixos, primeiro a queda nos treinos, depois uma bela pole e, finalmente, o problema com a pressão do pneu dianteiro na corrida”.

O francês da Yamaha Petronas retorna à corrida do último domingo, acrescentando: ” O ritmo não foi muito bom, foi bom lutar pelo top 5, mas não pelo pódio ou pela vitória. Mas encontramos algo positivo e útil para trazer para este fim de semana e podemos lutar por alguns grandes resultados com algumas coisas boas na reserva para a qualificação e corrida”.

Referindo-se à luta mundial, Fabio diz: “A pressão para mim não é tão forte, mesmo antes de eu ser líder do campeonato era a mesma coisa. Ainda há algumas corridas pela frente, continuarei com esta situação. Eu sou o segundo, ao meu redor há pilotos de fábrica que estão lá e que querem lutar comigo. A pressão não é tanto sobre mim no que diz respeito ao campeonato do mundo. Estou um pouco mais aliviado e confiante porque estou em ótima posição.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x