MotoGP, 2020, Portimão, corrida: Rossi em despedida emotiva da Yamaha Monster

Por a 23 Novembro 2020 15:30

Foram 15 anos de sucesso juntos e a despedida trouxe muitas emoções à superfície

foram 15 anos de momentos inesquecíveis juntos!”

Valentino Rossi teve uma despedida emotiva da sua equipa Yamaha Monster, à chegada à box na conclusão do Grande Prémio MEO de Portugal, que acabaria num modesto 15º lugar, em vista das dificuldades de afinar a sua YZR-M1 para o difícil e exigente traçado de Portimão, como o próprio admitiu.

À chegada à boxe Valentino abraçou o manager Lin Jarvis (acima) e os seus mecânicos de longa data Alex Briggs e Brent Stephens, que não irão com ele para a Petronas e declarou depois:

“Sim, foi muito emocional, porque foram 15 anos juntos, um período muito importante da minha carreira, da minha vida mesmo, e tivemos muitos momentos inesquecíveis juntos, muito memórias.”

“Fiz muitos amigos e muito boas relações, portanto, hoje foi uma paragem boa, mas muito emotiva!”

“O fim-de-semana para nós não começou assim tão bem, porque eu precisava de mais tempo para me adaptar à pista, mas finalmente consegui estar bastante forte e senti-me bem no final da prova…”

“Foi um final de época complicado para toda a gente, e também para mim, porque no final cometi alguns erros, e também tive alguns azares, e acabei com muito pouco para mostrar…”

4.3 3 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x