Iannone: “No MotoGP não é fácil recuperar posições”

Por a 30 Junho 2016 11:30

Andrea Iannone conheceu em Assen uma missão quase impossível. O piloto Italiano da Ducati saiu do último lugar da grelha, penalizado pelo toque em Lourenzo em Barcelona e mostrou que anda bem à chuva e em apenas duas voltas rodava já entre os 10 primeiros.

Na volta seis, o italiano estava já na luta pelo top cinco e parecia lançado para uma recuperação histórica quando à volta 14 sofreu uma queda. Contudo a corrida seria então interrompida e Iannone pode regressar a boxe e voltar a alinhar para a segunda largada. Na segunda parte da corrida, Iannone voltou as mostrar que se dá bem à chuva e acabou por chegar ao quinto lugar, posição que ocupou até cortar a linha de meta.

“No geral penso que a prova de Assen foi um fim de semana positivo porque em condições de seco também fomos bastante competitivos. Para além disso conseguimos terminar a corrida apesar da chuva. Em MotoGP, nunca é fácil recuperar posições e por isso estou bastante satisfeito com o meu desempenho na Holanda. Foi um resultado muito positivo e conseguimos levar para casa alguns pontos”, sublinhou Andrea Iannone.

Após a ronda de Assen, o piloto da Ducati ocupa a oitava posição da classificação geral com 52 pontos e está a apenas seis pontos de Hector Barbera(Avintia Racing), que é o primeiro piloto Ducati .

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png