MotoGP: Karel Abraham despedido da Avintia para dar lugar a Zarco

Por a 25 Novembro 2019 14:00

Foi perante um Media Center sobrelotado no Brno Automotodrom, propriedade de seu pai, que Karel Abraham anunciou o seu afastamento como piloto de corridas, depois de ter sido despedido da Ducati Avintia, para fazer lugar para o Francês Johann Zarco.

Karel Abraham, de 29 anos, decidiu após a separação da equipa espanhola Ducati Real Avintia pôr fim à carreira de piloto de moto. O motivo direto foram dois e-mails do diretor desportivo da Ducati Avintia, Ruben Xaus.

Abraham recebeu um e-mail do ex-piloto do Campeonato Mundial de Superbike, Ruben Xaus, na noite de sexta-feira, anunciando que o seu contrato seria rescindido com efeito imediato.

No Sábado, chegou outro e-mail a Brno, no qual lhe reiteraram: «Não voe para o teste de Jerez. Confirmamos o conteúdo do primeiro e-mail. Não há mais nada a discutir.”

Abraham ficou ciente dos primeiros problemas em Sepang porque alguns técnicos não estiveram presentes. Eles estavam ausentes de propósito, porque não receberam dinheiro da Avintia Racing.

Como único piloto Checo, Karel conquistou repetidamente pontos na classe de MotoGP de 2011 a 2019 (122 partidas em Grand Prix).

Abraham iniciou a sua carreira na classe de 125cc em 2005 em Jerez. Por fim, completou dois anos e 31 Grand Prix no Campeonato Mundial de oitavo de litro – sempre com a Aprilia.

Em seguida, o Checo nascido em Brno mudou-se para o Campeonato do Mundo de 250 cc – aqui ele alinhou 47 vezes na grelha – também nesta categoria apenas com Aprilia. Karel completou a sua melhor temporada de GP em 2010 após a introdução do novo Campeonato do Mundo de Moto2. Primeiro, brilhou com um terceiro lugar em Motegi, depois com a sensacional vitória em Valencia com a FTR.

Desde 2011 até 2019, Abraham tem aparecido como participante regular da classe rainha (menos em 2015 e 2016, em que participou nas SBK), no total, fez 122 partidas no MotoGP com marcas como a Ducati, ART-Aprilia, Honda e novamente Ducati.

Abraham foi (com a curta exceção de Lukas Pesek em 2013) o único piloto Checo na classe de MotoGP e, atualmente não tem nenhum imitador na República Tcheca.

Abraham participou de um total de 214 Grand Prix desde 2005 até hoje. Nenhum outro Checo fez tantas corridas de Grand Prix. Em segundo lugar está o piloto da Moto3, Jakub Kornfeil, com 182 Grand Prix, à frente de Lukas Pesek, com 136 GP.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x