CN Enduro, Santiago do Cacém: Julien Roussaly imbatível na abertura da temporada

Por a 28 Janeiro 2024 19:37

Teve lugar este fim-de-semana a ronda de abertura do campeonato nacional de Enduro em Santiago do Cacém.

Depois da SuperEspecial de sábado à noite no Parque de Feiras e Exposições de Santiago do Cacém, os pilotos das categorias Elite enfrentaram este domingo 12 especiais que definiram o vencedor da prova inaugural de 2024.

Julien Roussaly voltou a Portugal para triunfar confortavelmente sobre toda a concorrência. O francês já tinha competido em Tábua em 2023 mas, na altura, lesionou-se num pé e só agora regressou ao nosso país.

A Sherco foi campeã absoluta de Elite no ano passado com o italiano Morgan Lesiardo e, nesta temporada, será Roussaly a disputar o campeonato português com o objetivo de reter a coroa para o fabricante gaulês.

Vencedor de 11 das 12 especiais, o piloto da Sherco terminou o dia com uns expressivos 1m49s de vantagem sobre o 2.º classificado e mostrou que vão ter mesmo de contar com ele na batalha pelo título.

Campeão absoluto em 2022 mas ausente em toda a temporada de 2023 devido a uma grave lesão nas vértebras, Luís Oliveira surgiu em Santiago do Cacém com uma 250cc 2T. O piloto da Yamaha foi subindo de forma ao longo do dia e concluiu a jornada na 2.ª posição absoluta, vencendo em Elite 1. O sintrense foi o único a “roubar” a vitória numa especial a Julien Roussaly!

Também ele sem competir no CNE há mais de um ano, Gonçalo Reis voltou ao Enduro para surpreender tudo e todos com um fantástico 3.º lugar final! Autor de uma excelente última volta, o atual campeão nacional de MX Veteranos bateu Frederico Rocha na batalha pelo degrau mais baixo do pódio absoluto!

Agora aos comandos de uma Rieju, o piloto de Coimbra seria o 2.º melhor entre os pilotos de Elite 1 na frente de Bruno Charrua, ele que se lesionou num joelho no início de 2023 e que assim regressou à competição com um Top 5 absoluto.

Campeão nacional de Open Absoluto e Open 2 na época passada, André Sérgio foi 6.º na sua estreia na classe Elite, batendo Ricardo Wilson e Francisco Leite. Vencedor da SuperEspecial de sábado à noite, Renato Silva acabou por ser relegado para 9.º depois de ser penalizado em 4 minutos.

Os restantes vencedores da noite foram Rúben Ferreira (Open Absoluto e Open 1), Filipe Taniko (Open 2), Vilde Holt (Senhoras), Tomás Alves (Verdes Absoluto e Verdes 1), Igor Domingos (Verdes 2), Tiago Rodrigues (Verdes 3), Manuel Moura (Veteranos), Cláudio Belchior (SuperVeteranos) e Diogo Pais (Promoção).

O campeonato nacional de Enduro prossegue em Góis no dia 18 de Fevereiro.

Classificação Final Elite Absoluto no Enduro de Santiago do Cacém

P/NNome/EquipaClasseMarcaTempo TotalDiferença
1🥇 
25
JULIEN ROUSSALY
Sherco Portugal Banco Primus
Elite2SHERCO0:59:00,36
2🥈 
31
LUIS OLIVEIRA 
Yamaha – Oliveira Racing Team
Elite1YAMAHA1:00:49,950:01:49,59
3🥉
17
GONCALO REIS 
Team Easymotos Maxxis
Elite2GASGAS1:01:55,610:02:55,25
4
73
FREDERICO DE ROCHA
Rieju Motoextreme
Elite1RIEJU1:02:25,790:03:25,43
5
6
BRUNO CHARRUA
Easymotos Maxxis
Elite1GASGAS1:02:48,970:03:48,61
6
72
ANDRÉ SÉRGIO 
Beta Portugal Moto Espinha
Elite1BETA1:04:18,380:05:18,02
7
19
RICARDO WILSON 
Motoextreme – Riejuoficial
Elite2RIEJU1:04:33,040:05:32,68
8
41
FRANCISCO LEITE 
Sherco Portugal Moto Dreams
Elite1SHERCO1:04:35,050:05:34,69
9
70
RENATO SILVA 
Beta Portugal Moto Espinha
Elite2BETA1:05:23,210:06:22,85
10
68
JUAN CRUZ 
Rieju Motoextreme
Elite2RIEJU1:06:48,150:07:47,79

:.

(Foto: NDGraphic)

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
This site uses User Verification plugin to reduce spam. See how your comment data is processed.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x