SBK, 2020: A luta regressa em Jerez

Por a 27 Julho 2020 15:30

Depois dos recentes tempos difíceis, o Campeonato do Mundo de Superbike de 2020 está de volta este fim-de-semana no Circuito de Jerez – Angel Nieto, em Espanha.

A primeira ronda da temporada do Campeonato começou com muito drama na Austrália no início de Março, trazendo três vencedores diferentes pela primeira vez na história.

Agora, com o calor de Jerez a aproximar-se, quem será capaz de manter a calma à medida que a batalha pelo título recomeça?

A liderar o Campeonato está Alex Lowes (Kawasaki Racing Team), depois de uma fenomenal estreia na Kawasaki. Vitorioso na Corrida 2 e com um pódio na Corrida 1, a consistência de Lowes significa que ele é o homem a bater à chegada a Espanha. No entanto, o azar durante a Ronda espanhola de 2019 em Jerez viu-o defrontar-se na última volta com o atual companheiro de equipa Jonathan Rea, provocando uma rivalidade que ainda está por reacender em 2020.

Rea tem duas vitórias em Jerez, onde em 2015 conquistou o seu primeiro título. No ano passado, alcançou apenas um pódio com o segundo lugar na Corrida 2.

Três terceiros lugares cimentam Scott Redding (Ducati) no segundo lugar da geral, com o estreante britânico a mostrar consistência em abundância em Phillip Island. Depois de ter testado no circuito de Jerez em Janeiro e ter corrido inúmeras vezes lá na sua carreira de MotoGP, Redding conhece o local, embora muito poucos tenham corrido ali no pino do verão, outro novo teste para ele enfrentar.

O colega de equipa Chaz Davies está em oitavo lugar no Campeonato e já garantiu três vitórias em Jerez e esteve no pódio na Corrida 2 do ano passado, até se envolver uma queda com Marco Melandri.

Terceiro na classificação e o primeiro vencedor de corrida do ano, Toprak Razgatlioglu (Yamaha Pata) esteve proeminente em Phillip Island. O primeiro piloto turco a liderar a classificação depois da Corrida 1, está pronto para continuar a bater recordes.

O seu companheiro de equipa Michael van der Mark é 5º na geral e vai ambicionar o seu primeiro pódio da temporada numa pista em que venceu em 2019 na Corrida 2.

Mark, campeão mundial de SSP em 2014, entra no regresso à ação com o seu futuro garantido na BMW para 2021. A pressão será para o resto da temporada?

Na sequência de uma ronda de abertura bem-sucedida em Phillip Island e de bons testes no Circuito de Barcelona-Catalunha e no MotorLand Aragón, a Equipa HRC está determinada a ter um desempenho forte em Jerez.

O herói da casa, Álvaro Bautista, é sexto na geral, obteve duas vitórias na pista em 2019 e espera dar à Honda um primeiro pódio na pista desde Michael van der Mark na Corrida 1 de 2015.

Leon Haslam, que liderou os tempos em Aragón, ambiciona o seu primeiro pódio em Jerez desde a Corrida 2 de 2015. Será que eles serão capazes de conquistar a Honda em Jerez e fazer um retorno para à frente do campo das SBK?

A BMW Motorrad tem estado ocupada com testes neste intervalo. Desde um teste privado no EuroSpeedway Lausitz até à Catalunha, trabalharam arduamente para aperfeiçoar a S1000RR.

Tom Sykes e Eugene Laverty vão agora lutar para tentar garantir um lugar ao lado de Michael van der Mark para 2021; Sykes venceu o seu Campeonato em Jerez em 2013 na mesma corrida que Laverty venceu, antes de conseguir a sua única vitória no circuito em 2015, pelo que deverá ser uma batalha renhida entre as estrelas da BMW.

Liderando a batalha independente, Loris Baz (Yamaha Ten Kate), foi líder da corrida na Austrália. Baz fará questão de entrar nos seis primeiros lugares e continuar a sua luta com as motos de fábrica numa pista que fez a sua estreia na Ten Kate no ano passado, dando-lhe a nona posição na Corrida 2.

Atrás de Baz está Maximilian Scheib (Orelac Racing VerdNatura) em décimo lugar na geral, depois de uma impressionante Corrida 2 que viu o chileno terminar em sétimo lugar.

Scheib tem uma vitória nas STK1000 em seu nome em Jerez e é um piloto a seguir. Sandro Cortese (Kawasaki TPR) obteve o melhor resultado da carreira em Jerez no ano passado com o sexto lugar, enquanto Michael Ruben Rinaldi (Team Goeleven) entra na ronda após um forte teste de Misano, onde esteve abaixo do recorde da volta.

Garrett Gerloff, da Yamaha GRT Junior Team, tem o primeiro gosto de Jerez, enquanto o colega de equipa Federico Caricasulo conhece bem o circuito depois das vitórias em SSP em 2017 e 2019.

O ás espanhol Xavi Fores (Kawasaki Puccetti Racing) fez testes limitados, mas fará questão de regressar a Jerez, uma pista em que tem o melhor resultado de sétimo.

Noutras notícias antes da corrida, Takumi Takahashi (Honda MIE Racing Althea) terá um companheiro de equipa no italiano Lorenzo Gabellini.

Marco Melandri (Barni Racing ) substitui o lesionado Leon Camier pelo resto de 2020, numa pista que somou o seu último pódio.

Para Leandro Mercado (Motocorsa Racing) e Sylvain Barrier (Brixx Performance), será a primeira ronda da temporada.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x