MotoGP, 2020: A Ducati mais ou menos pronta

Por a 28 Fevereiro 2020 15:00

Alguns parecem estar prontos após os testes de pré-temporada de 2020, outros parecem estar com dificuldades. Continuamos com um resumo de tudo o que aprendemos na Malásia e no Qatar mas, o mais importante, tudo o que sabemos agora rumo à primeira ronda do Mundial de MotoGP de 2020.

DUCATI: A esperança de tomar pelo menos uma das coroas da Honda em 2020 anima a Ducati. A fábrica de Bolonha sofreu severamente com velocidade a meio da curva ao longo dos últimos anos e, de acordo com Andrea Dovizioso (Ducati Team), não parece ser um problema que foi totalmente retificado apesar de um novo chassis.

Dovizioso lutou por entrar no Top 10, dizendo que tinha esatado muito ocupado a testar coisas para se preocupar com uma volta rápida, e que no computo geral ao longo de várias voltas, estavam bem…

Uma coisa que definitivamente não vai faltar em 2020 é a velocidade máxima. De alguma forma, conseguiram extrair mais alguns cavalos da Desmosedici e com a inclusão acrescida do novo ajustador de altura, a inovação genial que pôs as línguas a comentar no Qatar, a Ducati voltou a dominar as tabelas de velocidade máxima, com mais de 355 Km/h para Miller.

A Ducati também parece ser a fábrica que, até agora, mais se tem esforçado para se adaptar aos novos pneus traseiros Michelin para a temporada de 2020. No entanto, com a quantidade de potência que os quatro pilotos a bordo de uma GP20 de fábrica completa terão à disposição, certamente estarão em disputa. Também há o facto de Johann Zarco estar a mostra uma rapidíssima adaptação à moto da Real Avintia, embora esta seja apenas um modelo de 2019.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x