MotoGP: Oliveira já roda no Top 10 com a KTM!

Por a 9 Março 2019 13:18

Foi uma sessão estranha, esta última livre, com as Honda Repsol fora de jogo, as Ducati oficiais em dificuldades e, mais espantoso ainda, Oliveira a rodar dentro do Top 10 com a KTM!

Sendo a última das sessões livres, era de esperar que os homens da MotoGP fossem apanhar condições mais perto do ideal no traçado, mas aparentemente não foi o caso. As Ducati começaram logo muito rápidas, mas mais ainda estava Rossi, que se colocou no comando.

Do lado da Honda Repsol, porém, houve drama logo no início quando primeiro Lorenzo foi cuspido violentamente na moto na curva 6, levantando-se eventualmente depois de parecer algo combalido inicialmente e quase logo a seguir, o mesmo aconteceu a Marquez quando o espanhol pisou o corretor em plena inclinação e deslizou uma grande distância até parar. Enquanto Lorenzo se dirigiu ao centro médico, preocupado com o pulso lesionado anteriormente, Marquez eventualmente regressou à pista.

Por essa altura, Rins, que acabaria por cair, e Crutchlow, eram os mais rápidos, sempre com os tempos da FP2 por igualar, e Viñales era a Yamaha de topo com Rossi a baixar para oitavo. As Ducati regressavam à luta, com Petrucci terceiro e Dovi quinto, mas Rossi regressou em força para se colocar segundo. Assim, todas as marcas menos a Aprilia estavam representadas no Top Ten, já que… Miguel Oliveira aparecia num impressionante 9º com a KTM Red Bull e Espargaró acabaria por ser terceiro.

Isso só duraria uns segundo, porque também Morbidelli e Miller atacavam, 5º e 6º nessa fase, com o meio-brasileiro Morbidelli a ascender mesmo a 4º logo depois. Fosse como fosse, em 11º, Oliveira permanecia a melhor KTM, com Rins a comandar através de um 1:55.142, muito longe da volta recorde de Marquez de ontem. As Yamaha, porém, pareciam bem colocadas, com Viñales segundo e Rossi terceiro de novo, embora cada um prefira diferentes soluções aerodinâmicas na sua M1, que estavam muito abaixo em velocidade de ponta atingida.

Com as Repsol afastadas, Crutchlow permanecia a melhor Honda em 5º e Oliveira no boxe gradualmente baixava para 13º, mas o regressado Marquez estava atrás do Português. No derradeiros minutos da sessão, Valentino Rossi fez um ataque à volta rápida com novos pneus intermédios, mas também Bagnaia aparecia entre os primeiros e Oliveira entrava de novo no Top 10, logo atrás de Zarco e com Pol Espargaró mesmo 3º.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png