CEV Repsol: Poles inéditas em Jerez

Por a 28 Setembro 2019 21:42

Carlos Tatay (Fundação Andreas Pérez 77) no Campeonato Mundial Júnior de Moto3, Héctor Garzó (CNS Motorsport) no Campeonato Europeu de Moto2 e Diogo Moreira ( Estrella Galicia 0.0) na Taça de Talentos da Europa lideraram sessões de qualificação muito apertadas e vão sair à frente da grelha das suas respectivas categorias na sexta prova do ano do CEV Repsol.

Na Moto3 Junior, Carlos Tatay teve um bom momento, após ser proclamado campeão da Red Bull Rookies Cup e participar como convidado no último Grande Prémio Michelin de Aragão, onde terminou em 12º, alcançando a sua primeira pole no JIM da FIM Moto3 .

O piloto da Fundação Andreas Pérez 77, que nesta semana já anunciou a renovação de dois anos com sua equipa para dar o salto para o Campeonato do Mundo de Moto3, parou o relógio nos 1:46.493 , superando Vicente Pérez por apenas 21 milésimas. Mario Suryo Aji (Astra Honda Racing) fecha a primeira linha da grelha depois de obter o terceiro melhor tempo no Q1, a apenas 79 milésimos do homem da pole.

Jeremy Alcoba (Laglisse Academy) defenderá a liderança da categoria a partir da terceira linha à frente do seu companheiro de equipa Adrián Fernández e Barry Baltus (Sama Qatar Angel Nieto), enquanto Xavier Artigas (Leopard Impala Junior), vencedor da última corrida em MotorLand será o sétimo num evento em que Yuki Kunii (Equipa de Talentos da Ásia) ficou de fora devido a uma lesão.

Se na última visita a MotorLand Aragón, Héctor Garzó conseguiu quebrar a sequência de três vitórias consecutivas de Edgar Pons (Baiko Racing Team) na Moto2, conseguindo a sua primeira vitória da temporada, neste sábado o piloto do CNS Motorsport fez o mesmo com a pole.

Até este momento, Edgar Pons liderou a grelha de todas as corridas nesta temporada, mas em Jerez Héctor Garzó pôs fim a esse domínio do piloto da Baiko Racing Team.

Héctor Garzó liderou as duas sessões de qualificação, com 1:42.830, seguido por Yari Montella (Ciatti-Speed ​​Up) a apenas 55 milésimos de segundo, enquanto o próprio Edgard Pons terminou em terceiro a apenas 80 milésimas de Garzó. Nas Superstock 600, Peetu Paavilainen (Redding-Pinamoto RS) foi o mais rápido.

Na ETC, Diogo Moreira alcançou a primeira pole da temporada depois de bater por apenas quatro milésimas Izan Guevara (Cuña de Campeones), marcando um tempo de 1:49.573 contra o 1:49.577 alcançado pelo líder da categoria.

Daijiro Sako (Cuna de Campeones) fechará a primeira linha da grelha graças ao seu melhor tempo de 1:49.695, que lhe permitiu liderar o Q1 do Grupo A.

No entanto, Izan Guevara (Cuna de Campeones) terá a primeira oportunidade matemática de fechar o título de campeão porque agrega 58 pontos de vantagem sobre o segundo classificado, Fermín Aldeguer (Bester Capital Dubai). Guevara chega ao circuito de Jerez-Ángel Nieto depois de vencer as últimas cinco corridas da ETC.

Entretanto, no seu Grupo da European Talent Cup, Kiko Maria, recém coroado Campeão Nacional de pré-Moto3, foi 21º a 3,268s da pole.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png